Aparição raríssima da esposa do líder Kim Jong-un

A primeira-dama Ri Sol-Ju em rara aparição ao lado do marido 
A primeira-dama não quase não aparece em público
A esposa do líder norte-coreano, Kim Jong-un, a primeira-dama Ri Sol-Ju, quase não aparece em público e fica reclusa em casa, evitando qualquer tipo de assédio da imprensa, o que é proibido no país.

O casal tem três filhos – o mais novo nasceu em fevereiro -, segundo informou a agência de notícias Yonhap nesta terça-feira.

Numa aparição raríssima, Ri Sol-Ju - que ficou por um longo período do ano sem aparecer em público -, foi vista ao lado de Kim Jong-un durante uma apresentação musical. Tudo muito discreto.

Nada pode ser comentado sobre a primeira-dama no jornal oficial da Coreia do Norte, nem mesmo em locais de lazer. A vida do casal é mantida sob sigilo.   

De acordo com relatórios de inteligência da agência de espionagem de Seul, Ri Sol-Ju casou-se com Kim em 2009 e deu à luz seu primeiro filho no ano seguinte, com o segundo filho nascido em 2013.

Kim Jong-un é a terceira geração de sua dinastia para governar a Coréia do Norte, mas pouco foi revelado sobre a primeira família do país.


Dennis Rodman segurou nos braços a filha recém-nascida de Kim
A ex-estrela de basquete da NBA, Dennis Rodman, após sua viagem à Coreia do Norte em 2013, foi à única fonte de informações sobre o segundo filho do casal - uma bebê chamada Ju-Ae.

O jogador disse que segurou a filha de Kim em seus braços. Rodman descreveu o líder norte-coreano como "um bom pai" que tem "uma boa família". Embora seja uma personalidade introvertida.

Os relatórios de inteligência sul-coreanos descreveram Ri Sol-Ju como proveniente de uma família comum, com seu pai um acadêmico e sua mãe  médica. Ela visitou a Coréia do Sul em 2005 como líder de torcida para o time de seu país no Campeonato Asiático de Atletismo.

Walther Alvarenga


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.