Mais de um milhão de votos fraudados nas eleições da Venezuela

n
Houve manipulação de votos e oposição acusa Nicolás Maduro

Empresa responsável pela contagem de votos denúncia fraude

Houve manipulação na votação para a Assembleia Constituinte na Venezuela  de pelo menos um milhão de votos, garante Smartmatic, empresa responsável pela contagem de votos, que revela que os números da afluência às urnas foram adulterados. A revelação causou indignação dos opositores de Nicolás Maduro, que exigem a recontagem dos votos. 

A Smartmatic, empresa que trabalha com a Venezuela no sistema de votação desde 2004, tem idoneidade e não poupou essa informações que caíram como uma bomba em meio ao clima de insatisfação no país. 

Diretores da Smartmatic fazem denúncia em Londres


"Sabemos, sem qualquer dúvida, que a afluência às urnas na recente eleição para a Assembleia Constituinte foi manipulada", disse o CEO da Smartmatic, Antonio Mugica, numa conferência de imprensa em Londres. "Estimamos que a diferença entre a participação efetiva e a que foi anunciada pelas autoridades é de pelo menos um milhão de votos”, garante.


Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.