Adolescente brasileiro em estado crítico na Flórida. Precisa de ajuda.

O estado de saúde de Gabriel Marini é crítico 
Gabriel Marini, de 17 anos, está hospitalizado e luta pela vida.
Adolescente brasileiro, Gabriel Marini está internado em estado crítico no Broward General Hospital, em Fort Lauderdale, na Flórida. Recém-chegado aos EUA - cerca 15 dias – o garoto foi surpreendido por doença rara e luta pela vida. Ele não tem o seguro saúde e as despesas hospitalares atingem 13 mil dólares por dia.
Às vezes o sonho de morar nos EUA, de realizar planos e galgar degraus na vida pode se transformar em pesadelo. O inesperado sempre ocorre e não poupa a quem quer que seja. O adolescente brasileiro, Gabriel Marini, de apenas 17 anos – ele é natural de Rio das Ostras, no Rio de Janeiro -, chegou aos EUA há poucos dias, com o objetivo de morar no país e de aperfeiçoar o inglês. Também era seu objetivo finalizar seus estudos e conseguir um trabalho.
Entenda o caso - Gabriel desembarcou na cidade de Fort Lauderdale, na Flórida, esperançoso, mas a fatalidade ocorreu. No dia 20 de agosto ele sentiu-se mal, chegando a vomitar sangue, sendo internado às pressas. O diagnóstico médico foi surpreendente: Pneumotórax. O que é essa doença?
Pneumotórax é a presença de ar entre as duas camadas da pleura (membrana fina, transparente, de duas camadas que reveste os pulmões e o interior da parede torácica) resultando em colapso parcial ou total do pulmão. Os sintomas incluem dificuldade respiratória e dor torácica.
A situação do adolescente piorou e inspira cuidados. Gabriel está internado no Broward General Hospital, em Fort Lauderdale, e foi detectado um tumor nos brônquios, que vem obstruindo o brônquio direito.
Ele foi submetido a uma cirurgia nesta quinta-feira para a retirada do tumor nos brônquio. Com a sua recente chegada ao país, Gabriel não teve tempo para aplicar para o seguro saúde e os custos com o tratamento hospitalar estão em torno de 13 mil dólares ao dia - segundo divulgou o Brazilian Times -, e as despesas precisam ser pagas.
Os emigrantes estão se mobilizando para ajudar Gabriel e você, nos EUA, pode integrar essa corrente de solidariedade no site Go Fund Me, criado com objetivo de conseguir arrecadações para custear despesas do hospital e da cirurgia. Para fazer sua doação acesse o ink: www.gofundme.com/ajude-o-gabriel-a-viver.
 Walther Alvarenga 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.