Fim do DACA ameaça permanência de 800 mil jovens nos EUA

Donald Trump anunciou nesta terça-feira o fim do DACA
Nova medida do governo Trump é um passo para deportação

Donald Trump, mais uma vez, consegue ameaçar os indocumentados nos EUA, colocando em risco a estabilidade de 800 mil jovens imigrantes no país ao anunciar nesta terça-feira o fim do decreto assinado pelo ex-presidente Barack Obama, O DACA (Ação Deferida para Chegada de Jovens Imigrantes), que protegia crianças da deportação – hoje no auge da juventude – que desembarcaram em reduto americano acompanhando os pais. Não foi dado a eles o direito de escolha.

O ódio e a intolerância persistem nos EUA, fomentados pela intransigência do presidente Trump, aos poucos neutralizando as benfeitorias conseguidas por Obama em favor dos imigrantes. O republicano segue na contramão dos fatos, agindo sem o mínimo de respeito aos cidadãos estrangeiros que trabalham e que ajudam construir o país.  

Jovens protestaram em Washington, mas o decreto de Obama caiu. 
Ele disse ontem que o Congresso americano, com o fim do DACA, tem seis meses para resolver a questão, ou seja, o que fazer com os 800 mil jovens que se beneficiam com o decreto? Manda-los de volta ao país de origem?

Embora defensores da medida apontem motivos jurídicos, o cancelamento do programa, anunciado pelo Departamento de Justiça como “uma desconexão ordenada”, tem uma clara raiz política. O presidente do Partido Republicano se sente à vontade fustigando os imigrantes em situação irregular. 

Com 11 milhões de estrangeiros sem papéis e o fantasma do ódio pairando sobre as ruínas do cinturão industrial, é nesse terreno que o republicano obtém seus melhores resultados.
Mães imigrantes também protestaram em frente à Casa Branca
Trump se reconcilia com sua base mais radical e aparece como o político que cumpre suas promessas. Entre elas a de liquidar um programa que ele mesmo durante a campanha qualificou de “anistia ilegal”. O DACA era seu alvo para o ataque.

Perdida a batalha por  tentar liquidar o programa de saúde de Obama e incapaz por enquanto de levar adiante a sua esperada reforma tributária, Trump encontra na extinção do legado do seu antecessor a energia que necessita para fazer esquecer seus fracassos. Vale lembrar que 78% dos eleitores registrados, segundo uma pesquisa do site Politico, são favoráveis à regularização dos dreamers, os sonhadores.

O grito de ordem ecoou sem força diante da intolerância
O que é o DACA? - Os beneficiados pelo programa Ação Deferida para Chegada de Jovens Imigrantes (DACA em inglês) precisam ter entrado nos EUA com menos de 16 anos e viver permanentemente no país desde 2007. 

Também se exige que não tenham antecedentes criminais e que estudem ou tenham concluído o ensino médio. Em troca, se permite que trabalhem, dirijam, se beneficiem do seguro social e tenham cartão de crédito. É apenas uma cobertura jurídica que evita a possibilidade de deportação e precisa ser renovada a cada dois anos.

Walther Alvarenga


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.