Jovem brasileiro desaparece no mar das Bahamas. Família em desespero.

Maykon Eder falou pela última vez em agosto
Maykon Eder Alves de Jesus, de 23 anos, não dá notícias
Impossível mensurar o drama dos pais - Silvânio de Jesus e Idalira Alves Sousa, da cidade de Senador Canedo, em Goiás, quanto ao desaparecimento do filho, Maykon Eder Alves de Jesus, de 23 anos, que se arriscou entrar nos EUA pelas Bahamas. Um trajeto perigoso, feito a barco, que chega a durar até sete horas de travessia.
Maykon, fez o último contato com a família  - via celular - no dia três de agosto, informando que já se encontrava em Freeport, nas Bahamas, e que  iria iniciar a viagem pelo mar. O trajeto dele foi, Brasil, Panamá, Republica Dominicana e Bahamas.
A informação do jornal O Popular, da cidade de Senador Canedo, em Goiás, retrata último diálogo do rapaz com à mãe: “Se eu não falar mais com a senhora, não se preocupe porque eles (coiotes) tomam o celular. Quando chegar a Miami, entro em contato. Amo vocês”.
Os pais e irmão de Maykon aguardam informações 
A incerteza sobre o paradeiro do rapaz tem tirado a paz da família. O irmão mais novo de Maykon, Wesley, disse que até o momento não se sabe se ele está preso, guiado por outro coiote ou em trabalho escravo. “Também não podemos descartar um naufrágio”, admite Weslei.
“Na República Dominicana, o ‘coiote’ pegou o dinheiro dele e não cumpriu o que tinham combinado. Aí, tivemos que mandar mais dinheiro”, detalha o irmão.
Os parentes de Maykon enviaram para ele cerca de R$ 35 mil, deixando evidente que família estava ciente da decisão do filho de entrar aos EUA pelas Bahamas.
Entenda o caso – Disse Idalira Alves Sousa que ela tentou fazer com que o filho desistisse da viagem, mas não adiantou. Ela, inclusive, chegou a se ajoelhar nos pés de Maykon, implorando, mas ele manteve-se irredutível.  
“Não como, já emagreci não sei quantos quilos, estou tomando remédio para dormir, estou com uma psiquiatra. Não é vida, estou vivendo pelo Senhor, pela esperança e por esses dois ao meu lado (o marido e o filho caçula)”, disse a mãe.
Maykon Eder Alves de Jesus entrou para a estatística de mais um brasileiro desaparecido ao tentar entrar nos EUA pelas Bahamas – o total são 13 brasileiros que estão sumidos até o momento. Lembrando que os 12 brasileiros  que saíram de barco, no mar das Bahamas, até hoje não se comunicaram com a família.
Walther Alvarenga


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.