Epidemia de gripe na Coreia do Norte deixa 200 mil infectados. 4 mortes.


Cerca de 200 mil pessoas contraíram o vírus da gripe
 O vírus já se espalhou pelo país, incluindo a capital Pyongyang.
Um surto de gripe na Coreia do Norte deixa 200 mil pessoas infectadas, preocupando as autoridades locais. Vários atletas norte-coreanos que vão disputar as Olimpíadas de Inverno, na Coreia do Sul encontram-se enfermos.
O vírus já se espalhou pela maior parte do país, incluindo a capital Pyongyang, as vacinas para imunizar contra o vírus provavelmente serão quase inúteis. A preocupação é geral.
Estoque de vacinas na Coreia do Norte é insuficiente
Devido à gravidade da epidemia de gripe no país,  o líder Kim Jong-un pedirá ajuda internacional para conter a doença.
Quase metade dos casos confirmados são em crianças com idade igual ou inferior a 16 anos, e o vírus matou pelo menos quatro pessoas - três das quais eram crianças.
Em 16 de janeiro, funcionários da Coreia do Norte revelaram que havia mais de 126.500 casos de gripe em todo o país, de acordo com relatório publicado pela Federação Internacional de Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC).
Mas a instituição de caridade estima que o número de infecções tenha aumentado nas últimas semanas. A FICR diz que a maioria dos doentes com o vírus contraiu a cepa Influenza A / H1N1, comumente conhecida como gripe suína.
Kim Jong-un reconhece gravidade da doença
A Coréia do Norte aceitou a ajuda de organizações não governamentais (ONGs) no passado - incluindo os EUA -, embora as atividades dos trabalhadores humanitários sejam relativamente limitadas.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) já enviou 5.000 comprimidos de medicação antiviral ao estado de eremita e autoridades norte-coreanas solicitaram mais 30 mil para proteger os profissionais de saúde.Mas a FICR já advertiu que o surto pode exigir ajuda humanitária "significativa" que possa justificar o apoio extra do fundo de emergência de ajuda para desastres da organização.
A OMS diz que temperaturas sub-zero em grandes partes da Coréia do Norte foram responsáveis ​​por um "aumento" nos casos de gripe. 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.