Interesse de Cristiano Ronaldo no Paris Saint-Germain. E o Neymar?

Cristiano Ronaldo consola Neymar após a vitória de 3x1

Cristiano Ronaldo e Neymar se abraçam. Real Madrid leva a melhor.

O embate entre o Real Madrid e o Paris Saint-Germain pela Liga dos Campeões, nesta quarta-feira, que terminou com a vitória do Real por três a um – dois gols de Cristiano Ronaldo –, desbancou de vez Neymar para a tristeza da torcida parisiense. O único gol do time liderado pelo atacante brasileiro foi marcado por Adrien Rabiot.

E a polêmica de bastidores persiste entre os simpatizantes do Paris Saint-Germain que alegam o seguinte: “Neymar é muito bem pago para ficar em baladas, se divertindo na noitada, e não trazer à equipe os resultados esperados”. Cristiano Ronaldo saiu de campo aplaudido pela torcida.

Cristiano Ronaldo consolidou seu favoritismo
Em contrapartida, a revista France Football achou apropriada para revelar uma suposta troca de mensagens escaldantes entre Cristiano Ronaldo e Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, em 2012. 

A revista diz que CR7 mandou a seguinte mensagem a Pérez: "Quero ir para Paris. Lá eles vão me apreciar verdadeiramente. Os franceses estarão tão felizes por eu jogar no campeonato deles”.

Segundo a France Football, a resposta de Pérez foi enfática: "Tudo bem! Então você encontra um clube que o aceite por 200 milhões de euros, em cima da mesa. Com esse dinheiro pago a cláusula de rescisão do Messi e ponho-o no teu lugar!"

Certo é que, depois desta suposta conversa, Ronaldo continuou em Madrid e conquistou mais quatro bolas de ouro e vários títulos interno e na Champions.

Mas é verdade que, a cada abertura da janela de transferências, volta a especular-se sobre a ida do português para Paris.

Maior artilheiro da história da Champions com 116 gols, Ronaldo chegou ao seu 101º na competição com a camisa do Real Madrid, tornando-se o primeiro a atleta a ter uma centena de gols por uma mesma equipe no torneio.

Walther Alvarenga


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.