Drama de Schumacher que o mundo não vê. Recluso, ex-piloto chora.

Michael Schumacher está recluso na Suíça
Ex-piloto de Fórmula 1, Michael Schumacher, está recluso na Suíça

O drama do ex-piloto de Fórmula 1, Michael Schumacher, persiste. Sem poder falar, se mover, apenas movimentado os olhos, retrata o sofrimento do alemão que se consagrou sete vezes campeão do mundo, e que expressa sua dor com lágrimas. Mas qual o real estado de saúde de Schumacher, hoje com 49 anos?

Familiares de Schumacher, citados pela imprensa francesa, contam que o ex-piloto "por vezes chora" quando é colocado diante uma bonita paisagem.

Ex-piloto é blindado pela esposa Corinna
Desde que sofreu um grave acidente quando esquiava nos Alpes franceses, em dezembro de 2013, e esteve em coma durante seis meses, Schumacher viu toda a sua esperança de uma vida normal se diluir.

O ex-piloto tem vivido em reclusão na sua propriedade na Suíça, rodeado por fortes medidas de segurança e muitos médicos, sem que ninguém da família tenha explicado qual é o verdadeiro estado de Michael.

Sabe-se que a mulher, Corinna, transformou parte da casa num hospital, por onde transitam médicos, enfermeiros e muitos fisioterapeutas. Mas como é possível manter um tratamento tão dispendioso - caríssimo -, quando boa parte dos ganhos de Schumacher já foram gastos no seu tratamento? 

Segundo revelações, "Quando o colocam na cadeira de rodas, diante de uma bela paisagem, com montanhas ou um lago, o Michael por vezes chora", relatam amigos mais íntimos da família.

Na verdade, o piloto que brilhou nas pistas de corrida de Fórmula 1 hoje “vegeta”, blindado pela esposa que não deixa quase ninguém se aproximar de Schumacher, exceto a equipe médica. Até mesmo enfermeiros são monitorados. 

Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.