Igreja condenada a pagar 27,5 milhões de dólares por abusos


Papa Francisco toma medidas drásticas na Igreja
Uma das maiores indenizações concedidas a vítimas de abuso nos EUA
O contingente de abusos na igreja católica surpreende o mundo, com dados alarmantes de vítimas. E já uma das maiores indenizações concedidas a vítimas de abuso nos EUA, com acordo de 27,5 milhões de dólares com a Diocese do Brooklyn, e o programa de atividades de tempos livres de uma escola local.
As vítimas foram abusadas por um professor de religião da Igreja de St. Lucy's-St. Patrick, em Clinton Hill, Brooklyn, Nova Iorque, segundos dados divulgados pelo jornal The New York Times.
Os abusos ocorreram dentro da igreja, no apartamento localizado numa antiga escola situada na traseira da igreja, confirmaram os advogados das vítimas.
O juiz que está cuidando do caso também notou que os padres responsáveis da Igreja de St. Lucy's-St. Patrick " tinham conhecimento de que, durante anos, vários meninos reclamaram, mas que nada foi feito.
O acordo  de indenização às vítimas anunciado nesta terça-feira acontece em meio de uma enxurrada de investigações - incluindo uma investigação civil do Estado de Nova Iorque , o que levou o Papa Francisco a tomar medidas drásticas contra bispos e cardeais pelo seu papel na extensão destes abusos.
Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.