Adolescente deita nos trilhos de estação na Itália, abre os braços e morre. Foi aposta.


 
Abderrahman El Essaidi, de 15 anos, teve morte instantânea.
 O acidente aconteceu na estação de  Parabiago, próxima a Milão.

Tudo não passou de um mortal desafio - irresponsável - entre um grupo de adolescentes. O  garoto de 15 anos desceu nos trilhos do trem e se deitou, abrindo os braços. O trem estava se aproximando e o menino ficou ali. Não houve tempo para o garoto se levantar e o trem o mutilou e, evidente, a morte foi instantânea .

Tudo aconteceu na estação de Parabiago, entre as províncias de Milão e Varese , na Itália. O maquinista tentou frear, mas não conseguiu e o que pôde ser ouvido foi um grito desesperado que ecoou por toda estação. Estava consumada a aposta sombria.

O garoto que morreu é um um franco-marroquino, 15 anos, Abderrahman El Essaidi, estudante do Instituto superior profissional Bernocchi de Legnano.

O menino foi atingido e morto pelo trem para Domodossola, que saíra da Grande Centrale em Milão. Para esclarecer o assunto, a Procuradoria de Busto Arsizio (Varese) abriu investigação contra pessoas envolvidas por homicídio culposo.

Uma adolescente de 13 anos, também de origem marroquina, que testemunhou a cena de perto, contou os detalhes da aposta entre os amigos. Ela foi levada para o hospital em estado sob choque.

Qual aposta? Segundo a garota, aquele menino que tivesse a coragem de permanecer nos trilhos por mais tempo à espera da chegada do trem, seria o “vencedor”.

O maquinista foi ouvido pelos investigadores, coordenado pela Procura di Busto Arsizio (Varese), para tentar entender o que aconteceu.  Os vídeos das câmeras de vigilância da estação estão sendo analisados.

A mãe do menino, que mora em San Giorgio su Legnano, chegou com alguns parentes na estação quando foi informada da morte do filho. A mulher entrou em desespero e foi socorrida.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.