Que o sol da justiça apague da história os execráveis patifes! O Brasil agradece!

Que venha 2019, restabelecendo a esperança dos brasileiros.

Os que juraram dias melhores ao povo hoje estão atrás das grades

Um novo ano chega, trazendo para o Brasil, para os cidadãos brasileiros, a esperança após dias sombrios. Todos, indistintamente, somos os sobreviventes do caos, vitimados por governantes que traíram a Constituição, mancharam suas respectivas biografias em troca de benefícios escusos. Foram dias, semanas e meses de tempestade interminável, de engodo, e da mutilação de valores.

E aqueles que juraram dias melhores ao povo hoje estão atrás das grades, mofando na desonra ao blasfemar o poder concedido pelo sim de uma Nação. Os patifes da história estão reclusos, encarcerados no limite delineado por condutas ultrajantes. Não podem ir além do que ficou determinado pelos tribunais. Os pés estão fincados no vexame!

E, de que adiantaram manobras, acertos inconcebíveis se tudo isso emergiu sob o sol da justiça? Caíram-se máscaras, desestruturam-se quadrilhas e o lobo do caminho perdeu o faro! O manipulador sempre visa driblar vontades e regras para favorecimento pessoal.

Pude ver no rosto das pessoas a alegria latente. É a nossa gente, o brasileiro prestativo, que respira aliviado depois de ter se livrado do fardo inconveniente de corruptos. Ainda restam alguns poucos, mas os caciques da farra experimentam o próprio vômito!

Ao que parece – tomara que isso seja verdade – expirou o prazo de validade de uma legião de políticos que sabotaram o país e que minguam na contramão da decência.

Bom saber que a chuva torrencial se transformou em garota fina, e que aos poucos se forma no horizonte o arco da benevolência. Inicia-se no país um novo ciclo, apagando os rastros deixados pelos crápulas da tapeação.

Que Deus olhe para o Brasil e dê ao povo brasileiro uma etapa de reedificação do sonho, aniquilado pela intransigência de execráveis homens e mulheres que se embebedaram do poder. Começa novo tempo! Comemore! 

Walther Alvarenga  

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.