Russia limitará residência a estrangeiros em 2019. O Brasil está na lista.

Limitação foi assinada pelo premiê russo Dmitry Medvedev

Relatório de autoridades russas diz que medida começa em janeiro

Atenção estudantes e brasileiros que trabalham na Rússia. Em 2019, a quota para permissões de residência temporária para cidadãos estrangeiros será 8% menor do que em 2018, segundo diretiva assinada pelo premiê russo Dmitry Medvedev.

Portanto, haverá maior controle de residentes no país, o que poderá dificultar os pretensos estudantes e moradores em território russo. O Brasil está na lista.

Em 2019 situação se complica para estrangeiros na Rússia
O relatório de autoridades russas aponta que, em 2019, o governo emitirá 83.480 autorizações de residência temporária na Rússia para cidadãos estrangeiros, 6.880 a menos do que em 2018.

A redução se deve à intensificação do programa nacional para regresso de russos residentes no exterior. Neste caso, os participantes, que são voluntários, não estão incluídos na cota.

“A decisão visa aumentar a eficiência da regulação dos processos de migração", segundo o relatório.Durante os primeiros oito meses do 2018, foram emitidas 42.343 autorizações de residência temporária. 

Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.