US$ 6 mil para entrar clandestinamente nos EUA de jet-ski.


Momento da prisão do brasileiro e dois passageiros


Wanderson dos Santos Freitas preso na fronteira com o Canadá
Bastava pagar US$ 6 mil para o brasileiro Wanderson dos Santos Freitas na fronteira dos EUA com o Canadá, que, de  jet-ski o passageiro entrava clandestinamente nos EUA. A Patrulha da Fronteira (BP) descobriu e ele foi preso em flagrante.
Tinha duas pessoas no jet-ski no momento da abordagem policial, que também foram presas. Tudo aconteceu na quarta-feira, nas águas congeladas do rio Niágara, na divisa do Canadá e EUA.
“Os estrangeiros no jet-ski pagaram seis mil dólares ou concordaram pagá-lo seis mil dólares para que fossem levados até os EUA”, detalhou o promotor público assistente, Charlie Kruly.
Wanderson poderá ser condenado a até dez anos de prisão e multa de US$ 250 mil. Os dois passageiros continuam detidos pelos patrulheiros.
Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.