O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Chico morreu magoado. O Brasil não soube disso!


Chico levou para sua Escolinha colegas que estavam desempregados


Ele alegrou gerações e teve seu último pedido negado

 A morte do humorista Chico Anysio em 2012, aos 80 anos, ainda é tida como surpreendente para os fãs do maior humorista de todos os tempos no Brasil. Ele colecionou inúmeros personagens em seus programas. A versatilidade do humorista é algo que impressiona até dos dias de hoje nas reprises de seus programas no Canal Viva – para assinantes.

Mas o Brasil talvez não saiba que Chico, que fez gerações sorrirem, que ajudou velhos companheiros – com idade avançada e sem emprego -, levando-os para a “Escolinha do Professor Raimundo”, morreu magoado. Isso mesmo. Profundamente ressentido.

Mas o que aconteceu? Segundo relatos de um velho humorista que conviveu com Chico Anysio, a maior mágoa do criador de tantos tipos na TV teria sido por culpa da cúpula da Globo em lhe dizer não. Negar em realizar o último pedido do humorista, já com a saúde debilitada.

Chico Anysio teve seu pedido negado e ficou ressentido

O desejo – o pedido- de Chico Anysio era para que fosse feito um programa especial, reunindo os velhos e competentes humoristas brasileiros, para comemorar os 50 anos da “Escolinha do Professor Raimundo”. A direção da emissora, revela o velho companheiro do saudoso Chico, não teria concordado.

A partir dessa negativa, Chico Anysio entrou em depressão, chateado, o que teria sido um dos motivos do agravamento de sua doença, adiantou o velho companheiro que pediu para não ser identificado. Mas ele, o humorista amigo do Chico, faleceu esse ano. E em respeito à sua memória, seu nome não será divulgado.

Hoje temos na Globo “A Nova Escolinha do Professor Raimundo”. E mais:  os tantos personagens de Chico Anysio desfilam na programação do Canal Viva. Evidente que os grandes artistas nunca morrem. São eternos através de sua obra. Entretanto, todo e qualquer pedido, partindo de pessoas iluminadas, como é o Caso do nosso saudoso Chico, deveria ser respeitado.

Pai e filho, mas talento não se compara. Chico é inimitável.

Chico Anysio nos ensinou a sorrir, é um ícone do humor no Brasil, no entanto, morreu chateado. O Brasil não soube disso. Talvez Chico tenha perguntado a si mesmo: “Tudo o que eu fiz por esse país não foi o suficiente para que o meu pedido fosse considerado?”.

Walther Alvarenga







Nenhum comentário