O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Crime de ódio: Cabeça de porco é espetada na grade de mesquita em Londres.

Cabeça de porco foi espetada na grade da mesquita

Polícia foi chamada às pressas. Indignação de muçulmanos.

O crime de ódio – islofobia - aumenta no Reino Unido, e cada vez mais acontecem provocações de britânicos contra muçulmanos. Desta vez a mesquita de Taiyabah Masjid, em Draycott Street, Bolton – Londres -, foi atacada.  Uma cabeça de um porco empalada foi espetada nas grades de entrada da mesquita, causando a indignação dos frequentadores.

Havia sangue nas grades onde a cabeça de porco foi espetada, o que denotou a ira contra os muçulmanos. A polícia foi acionada, mas ninguém testemunhou ou viu pessoas durante o ato. O episódio aconteceu antes do Festival de Eid, comemorado pelos muçulmanos.

Dirigentes da Mesquita Taiyabah Masjid acionaram a polícia
Os oficiais da polícia receberam um relatório de que a cabeça do animal tinha sido empalada na esgrima fora da mesquita de Taiyabah Masjid em Bolton, por volta das 3.40h, no domingo (horário local).
As investigações de crime do ódio se intensificaram, após a cabeça do porco empalada em trilhos, na entrada  da mesquita de Taiyabah Masjid em Draycott Street, Bolton
Nenhuma detenção foi feita e as investigações estão em andamento. Um residente, que vive nas proximidades, falou do choque ao deparar-se com a cabeça do animal sangrando.
Muçulmanos reclamaram com a polícia pelo crime de ódio
"Aconteceu logo em frente à minha casa. Eu tenho um sobrinho com dois anos de idade. Não é bom para ele. Não é bom para a comunidade - islâmica. Estou realmente chocado. Definitivamente houve um aumento nos crimes de ódio", disse o rapaz.
Ele acrescentou que foi muito chocante quando o festival religioso Eid começou na sexta-feira.
A polícia do Grande Manchester disse que o crime de ódio religioso aumentou quase 300 por cento na sequência do bombardeio do Manchester Arena. Entre 22 de maio de 2016 e 19 de junho de 2016, 92 crimes de ódio religiosos foram relatados e, no mesmo período deste ano, 366 foram relatados, um aumento de 298 por cento.
Walther Alvarenga


Nenhum comentário