O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Iêmen: Estuprador é executado em praça pública.


Hussein foi executado e teve seu corpo pendurado em praça pública
 Rapaz  violentou a matou garotinha de cinco anos
Foi um espetáculo de horror na Praça Tahrir na capital do Iêmen, quando um estuprador infantil, Hussein al-Saket , de 22 anos, foi executado publicamente e seu corpo pendurado em um guindaste depois que ele foi considerado culpado de abusar e assassinar uma garota de cinco anos.
Moradores reuniram-se na Praça Tahrir, para testemunhar a execução de Hussein, aos gritos “mata!”, semelhante a um espetáculo de sangue no Coliseu, na Itália.
O juiz Rajeh Ezzedine, que participou da execução, disse que enterrou o corpo da menina. O tio da vítima, Ali Ayedh, disse que o assassino, "participou da busca da menina antes de ser desmascarado".
Essa é a segunda execução pública em várias semanas, quando Muhammad al-Maghrabi, de 41 anos foi executado no mesmo lugar em 31 de julho.
Muhammad  apontado como culpado de estuprar e assassinar uma Rana al-Matari, de três anos, e foi baleado com um AK47. 
Policias tiveram que conter a ira do povo que tentou pegar o corpo
Testemunhas da execução de Khaled Abdullah disseram o seguinte: "O assassino foi escoltado da Van para o meio da praça, e o lugar se transformou em um caos completo.
O assassino, em desespero, tentou falar com o executor, um policial que fumava com calma. O executor apontou seu AK-47 e disparou quatro tiros fatais
Segundo testemunhas,  depois de morto, a população em fúria correu para pegar o corpo, mas a polícia conseguiu levar o corpo para Van e expulsar a multidão da praça.
Walther Alvarenga


Nenhum comentário