O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Morte da jornalista: assassinato ou acidente?

Kim Wall desapareceu depois da entrevista
Corpo não foi encontrado, mas suspeito diz que jogou ao mar.
  
Esclarecido o mistério do desaparecimento da jornalista sueca Kim Wall, após 10 dias de investigações. Ela está morta. Agora polícia dinamarquesa  procura pelo corpo de Kim no mar, após  confissão de Peter Madsen, dono do submarino onde a repórter teria feito entrevista e desapareceu em seguida.

Depois de prisão preventiva, por suspeita de homicídio involuntário, Madsen contou ao tribunal que a jornalista sofreu um acidente dentro do submarino – durante a entrevista -, e que ele jogou o cadáver ao mar.

Ele alegou que após o acidente, " que provocou a morte de Kim Wall”, jogou o cadáver ao mar em lugar não definido na baía de Koge - sudeste de Copenhague -, informou polícia dinamarquesa através de um comunicado para a imprensa.

A polícia informou ainda que há pistas concretas sobre a rota do submarino nessa baía e no estreito de Sund - que separa a Dinamarca da Suécia -, sendo que as Marinhas dos dois países continuam as buscas pelo cadáver, também contando com apoio aéreo.

Polícia dinamarquesa intensifica buscas no mar 
O desaparecimento de Kim Wall, de 30 anos, foi sinalizado pelo seu namorado no dia 11 de agosto, depois de a jornalista ter subido a bordo do UC3 Nautilus - um submarino de quase 18 metros de largura e 40 toneladas - para entrevistar o seu inventor.

Nota de esclarecimento- o Blog havia noticiado o desaparecimento de Kim Wall e esclarece o motivo, segundo nota da polícia dinamarquesa à imprensa.


Walther Alvarenga


Nenhum comentário