O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Príncipe William fala dos 20 anos da morte da Princesa Diana e ataca paparazzi: “bando de cachorros”.

Príncipe William acusa o assédio exagerado à sua mãe
O príncipe foi orientado a não chorar durante o funeral de Diana
Os filhos da Princesa Diana - morta no dia  31 de agosto de 1997 em acidente de carro em Paris -,  os príncipes William e Harry criticaram o assédio excessivo de paparazzi no encalço da mãe, o que acabou provocando a sua morte. William não aprova as fotos de Diana, publicadas diariamente nos jornais britânicos, mostrando-a em cenas íntimas.
“Deixem a minha mãe em paz”, disse o príncipe William, em desabafo durante entrevista à BBC. O Príncipe Harry também fez críticas aos paparazzi no túnel de Paris há 20 anos, depois de fotografar a princesa em posições comprometedoras em vez de ajuda-la.
Príncipe Harry alerta para a falta de respeito na morte da princesa
"Toda vez que ela – Princesa Diana - saía, tinha um grupo de pessoas à espera – paparazzi -, como um bando de cachorros. Seguiram-na, perseguiram-na, fizeram o que bem entenderam. Eles cuspiram nela”, enfatiza Príncipe William emocionado.
“Eu acho que uma das coisas mais difíceis de chegar a um acordo foi o fato de que as pessoas que a perseguiram no túnel foram às mesmas pessoas tirando fotos dela enquanto ela ainda estava morrendo, no banco de trás do carro”, critica Príncipe Harry. “Isso foi abominável”.
Os príncipes, ainda crianças, foram orientados a não chorar no funeral.
"William e eu soubemos disso. Falaram-nos várias vezes sobre o acidente. Ela teve uma grave lesão na cabeça. Aqueles que causaram o acidente estavam tirando fotografias”, prossegue Harry denotando mágoa.
"Em vez de ajudar, de socorrer minha mãe, paparazzi tiravam fotografias de sua morte, no banco de trás do carro. E então, essas fotografias foram para os jornais de notícias no mundo", complementa William.
Quando criança, William viu a mãe chorando, por causa de paparazzi.
"Nós, várias vezes, quando crianças, encontramos a nossa mãe chorando por causa da imprensa. Ela não suportava mais tantos fotógrafos que a seguiam, seja a caminho da academia, almoçando. Foi terrível”, diz William.
Lady Diana, a princesa que encantou o mundo.
"O dano foi muito grande para nós, eu era apenas ser um menino pequeno - de 10 anos  - apenas querendo proteger minha mãe ao vê-la muito chateada”, complementa Harry.
Os dois príncipes falaram à BBC antes do 20º aniversário da morte da Princesa Diana – dia 31 de agosto de 2017 - e revelaram como eles se sentiram quando ouviram a notícia de que a mãe tinha morrido em um acidente de carro.
Destroços do carro onde estava Diana, após acidente em Paris.
Eles foram amparados pelo pai, o Príncipe Charles, pela avó, a Rainha Elizabeth, mas que sofreram e foram orientados a não chorar em público, durante o funeral da Princesa Diana, que atraiu as atenções do mundo.
Walther Alvarenga



Nenhum comentário