O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Retaliação: Rússia confisca áreas diplomáticas dos EUA em Moscou.



Residência de embaixadores americanos será desocupada

Propriedades utilizadas por diplomatas americanos devolvidas
O presidente Vladimir Putin deu o troco aos EUA, confiscando duas  propriedades diplomáticas do governo americano em Moscou, e colocando as demais propriedades norte-americanas na mira russa. Tudo isso aconteceu quinta-feira (27), após o Senado norte-americano aprovar novo pacote de sanções econômicas contra a Rússia. Por sua vez, Moscou deu os primeiros passos para retaliar a ação.
Na sexta-feira, a Rússia confiscou duas propriedades diplomáticas dos EUA em Moscou e ordenou a redução dos funcionários a 455 – antes eram 1.000 funcionários - mesmo número de funcionários russos nos EUA - até setembro.
Entre as propriedades do governo americano na Rússia destaque para o prédio neoclássico, construído em 1913 pelo industrial russo mais rico daquele tempo, Nikolai Vtorov, e que serve como residência oficial de embaixadores norte-americanos no país desde 1933.
Desde então, recebeu festas extravagantes, segundo a Rússia. Uma das mais memoráveis, em 1935, tinha uma fonte de champanhe e 100 pássaros tentilhões -zebras - “alugados” pelo embaixador William Bullitt do Zoológico de Moscou – voando livremente ao redor do prédio após escaparem do aviário.
Personalidades como Richard Nixon, George H.W. Bush, George W. Bush, Ronald Reagan, Dwight Eisenhower e Ray Charles, entre outros, agraciaram a propriedade com sua presença.
Vladimir Putin responde sanções dos EUA contra Rússia

Com vista para o rio Moscou, um edifício de madeira usado por embaixadores norte-americanos exaustos em busca de descanso e fugindo da correria da cidade também será confiscado por Moscou.

A partir de 1 de setembro, porém, diplomatas americanos  terão que encontrar outro lugar para descansar, já que Moscou confiscou a propriedade como medida de respostas ao novo pacote de sanções contra a Rússia.
Walther Alvarenga

Nenhum comentário