O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Venezuela urgente: crianças armadas invadem e saqueiam supermercados.

 
Falta de alimentos deixa o povo desesperado 
Houve pânico quando crianças invadiram apontando armas

Cerca de vinte crianças, entre 7 e 13 anos, invadiram armadas e saquearam um supermercado na localidade de Lecherías, 325 quilómetros a leste de Caracas. Foi um momento de pânico, quando os meninos renderam os donos do estabelecimento e ameaçavam as pessoas, apontando armas de fogo.

O grupo de crianças entrou rapidamente ao supermercado, saqueando tudo o que puderam. Os meninos abriram os caixas e roubaram o dinheiro, sempre ameaçando atirar em quem reagisse.

Em meio à confusão, alguns adultos que estavam no interior do supermercado, pasme leitor, aproveitarem também a situação para roubar alguns bens.

Povo revira o lixo a procura do que comer no país
Uma senhora deixou cair à bolsa e por pouco não levou um tiro no rosto. Ela se assustou e pediu misericórdia às crianças para que não atirassem. Foram instantes de terror.

O assalto foi registrado pelas câmeras do vídeo do supermercado, que foram entregues ao Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC, antiga Polícia Técnica Judiciária) que aguarda um parecer dos organismos venezuelanos de proteção aos menores e adolescentes.

Na Venezuela são frequentes as queixas da população sobre a falta de segurança e a criminalidade no país e ainda sobre os preços elevados dos bens de consumo e das dificuldades para conseguir alguns produtos básicos como arroz, massa, farinha de milho, açúcar, café, margarina e óleo, entre outros.


Roubo praticado por crianças, com sete anos, é a primeira vez que acontece no país, segundo as autoridades locais.



Walther Alvarenga


Nenhum comentário