O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Irlanda e Reino Unido em estado de alerta com ameaça do furacão Brian

 
Britânicos estão em alerta para chegada do furacão 
 Segundo meteorologistas, o furacão vem se formando no centro do oceano

Depois de devastar os EUA, Cuba e Porto Rico, agora,o Reino Unido e a Irlanda estão na mira do furacão, segundo apontam os meteorologistas ao Express de Londres. Chamado de Brian, o furacão vem se formando no centro do oceano e poderá  se deslocar para o Reino Unido na próxima segunda-feira, levando ventos fortes e destruição.

Os últimos modelos meteorológicos mostram que os furacões Lee e Maria - atualmente localizados na costa leste dos Estados Unidos – estão se fundindo no meio do oceano Atlântico para formar uma nova tempestade colossal.

Os meteorologistas temem que um ciclone pós-tropical extremamente violento – furacão Brian - se formará e vá direto para o Reino Unido.

O atual caminho projetado pelo furacão Brian – que ameaça severamente o Reino Unido – está previsto para a Irlanda e depois para a Grã-Bretanha continental.

Os britânicos devem se preparar para "um estrondo", de acordo com especialistas, que alertam o país. Jim Dale, especialista em serviços meteorológicos britânicos, disse que o megastorm causado por Maria e Lee juntos poderá dar origem à uma segunda tempestade que se deslocará para o Reino Unido.

"Ambos os furacões estão localizados em torno da costa nordeste da América, mas estamos atentos porque eles se juntam por volta do domingo. Juntos, formam um sistema poderoso e ganham mais intensidade”, alerta Jim Dale.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA prevê que as duas grandes tempestades - Maria e Lee -, se convergem no meio do Atlântico. Ambos estão previstos para fazer uma mudança abrupta para o nordeste. Isso dará origem a um sistema de baixa pressão profunda que, ajudado pelo fluxo de jatos, irá até a costa ocidental da Grã-Bretanha.

Será um choque para o sistema no Reino Unido após o início relativamente tranquilo, resolvido e inusitadamente quente para o outono. Ao agitar os ventos desse lado do Atlântico, os remanescentes das tempestades também arrastrarão uma faixa de ar quente em todo o Reino Unido.

Espera-se que as temperaturas comecem a subir no início da próxima semana, embora se sintam frescas no vento e na chuva, dizem os especialistas.


Walther Alvarenga

Nenhum comentário