O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Perigo: Águas inundam área central de Miami. Mar sobe 4,5 metros.

Centro de Miami é invadido pelas águas do mar
1,6 milhão de pessoas estão sem energia elétrica na Flórida

Parte de Downtown Miami Beach foi invadida pelas águas do mar, provocadas pelo impacto do Furacão Irma, que continua castigando a cidade, com ventos intensivos  - 215 km/h. A fúria do furacão impressiona.

Pelo menos três mortes no estado da Flórida foram registradas e 1, 6 milhão de pessoas sem energia elétrica nesse momento. O nível do mar também alcançar 4,5 metros no extremo sudoeste da Flórida.  

A força das águas derrubaram árvores em Miami
O furacão que segue para Tampa, onde a população está em alerta vermelho, e se deslocará posteriormente para Atlanta, na Geórgia, onde várias cidades serão atingidas.

A Central Nacional de Furacões (NHC) norte-americano considera uma tragédia a passagem desse furacão de grandes proporções, que já provocou muitos estragos.

Miami, que está deserta, árvores foram arrancadas. No centro da cidade, os ventos fortes derrubaram uma grua, que caiu sobre um edifício em construção, sem que haja registo de feridos. 

Várias regiões de Miami estão inundadas
“Rezem por nós", pediu o governador do estado da Florida, Rick Scott, numa entrevista à ABC News e Reuters.

O furacão de categoria 4, a segunda mais grave, encontra-se agora a 125 quilômetros de Naples, Flórida. E apesar de se prever o seu "enfraquecimento", a tempestade irá permanecer como "um furacão poderoso enquanto se move e atravessa à costa oeste da Florida".

Vento intenso continua castigando a cidade de Miami
Nas ilhas francesas de Saint-Martin e Saint-Barthélemy, a tempestade deixou 10 mortos, nos territórios britânicos registraram-se seis mortos, nas ilhas Virgens norte-americanas quatro, em Porto Rico dois e um em Barbuda.


Walther Alvarenga 

Nenhum comentário