O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Você toparia receber até 2000 euros para morar na Itália? Veja proposta.

A cidade de Candela tem apenas oito mil habitantes
O Prefeito Nicola Gatta receberá você e sua família de braços abertos.

Candela, uma pequena cidade medieval, na região de Puglia, na Itália, que já teve o seu apogeu e hoje conta apenas  com uma população envelhecida e poucos são os jovens que lá permanecem ou constroem família. Atualmente são cerca de 8000 residentes.

Para tentar atrair pessoas para morar em Candela, o prefeito do Município, Nicola Gatta, encontrou uma solução prática: oferece até dois mil euros  para quem estiver disposto a mudar-se para lá.

Aqueles que quiserem mudar-se para Candela – incluindo estrangeiros – irão receber dinheiro em troca de construírem uma vida na cidade: os solteiros recebem 800 euros, os casais 1200 euros, as famílias de três membros podem receber entre 1500 e 1800 euros. As famílias de quatro ou cinco pessoas recebem cerca de 2000 euros.
Uma cidade agradável, de pessoas hospitaleiras.
Este labirinto de ruas pitorescas, edifícios barrocos e passagens arqueadas corre o risco de se transformar numa verdadeira cidade fantasma. Nicola Gatta decidiu tomar medidas drásticas, tendo-se inspirado em ações semelhantes postas em prática noutras localidades italianas.

No entanto, para receberem este bónus, os novos residentes devem viver permanentemente na aldeia, alugar uma casa e ter um salário de pelo menos 7500 euros por ano, explicou Stefano Bascianelli, braço direito de Nicola Gatta. Além disso, poderão ser oferecidos créditos para as taxas sobre o lixo, para suportar algumas contas e creches para as crianças.

“Não queremos que as pessoas que se mudem para cá pensem que podem viver apenas da oferta do município. Todos os novos moradores devem trabalhar e ter um rendimento”, diz Bascianelli.

Candela tem uma vista deslumbrante. Você pode gostar.
Seis famílias do norte de Itália já se mudaram para Candela e outras cinco já se candidataram. Por exemplo, o porteiro da escola local usou o dinheiro para conseguir que o resto da sua família se juntasse a ele em Candela. Outros novos habitantes abriram um quiosque de jornais.

Bem, uma oferta no mínimo atrativa. Você, leitor do BLOG, pensou em se mudar para Candela?

Walther Alvarenga

Nenhum comentário