O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Duas cenas antológicas de Titanic que a crítica mundial elegeu. Veja cenas.

Jack e Rose criam laços de ternura em Titanic
Críticos, cinéfilos e pessoas de bom senso apontam as melhores cenas.

O filme Titanic tem cerca de três horas de exibição, foi um dos grandes feitos do diretor e produtor, James Cameron, e levou pessoas às lágrimas no cinema, em casa ou onde quer que se tenha assistido a película de maior bilheteria de todos os tempos.

Belo, majestoso e emblemático, o longa marca a trajetória do navio dos sonhos. (Veja  cenas em vídeo abaixo)

Duas cenas antológicas marcaram o filme Titanic e que até os dias de hoje são celebradas em todo o mundo. Críticos, cinéfilos e pessoas de bom senso as elegeram como sendo os melhores momentos, diria, o ápice da história.

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet em cena majestosa
A primeira cena, quando Jack (Leonardo DiCaprio) abre os braços de Rose (Kate Winslet), à frente do navio do sonhos, e a faz sentir que está voando. A emoção evidencia a riqueza do momento de esplêndida ternura.  
Público não queria a morte de Jack. Pessoas reclamaram.
Já a segunda cena, que levou o público às lágrimas, é no instante em que Jack morre lentamente nas águas congelantes – pálido e com os lábios roxeados -, enquanto que Rose está deitada sobre uma porta de madeira.

Evidente que ninguém queria que o personagem de DiCaprio morresse naquela cena, vítima de hipotermia, o que causou indignação – principalmente das mulheres -, pelo destino trágico do jovem desenhista.

O diretor James Cameron fala sobre Titanic
Já se passaram quase vinte anos desde que o Titanic fez sucesso nas salas de cinema de todo o mundo, emocionando milhões de espetadores, e o diretor James Cameron, fala agora sobre o êxito do filme em entrevista à revista Vanity Fair.

Das inúmeras questões colocadas ao longo da entrevista, houve um ponto de destaque e que ainda hoje atormenta os fãs: "Porque é que o Jack não ficou em cima da porta de madeira que salvou Rose?"

James Cameron sorriu, em se tratando de indagação constante, de pessoas em todas as partes deste planeta que assistiram Titanic. "A resposta é muito simples: porque estava escrito na página 147 do roteiro que o Jack morria”, justifica o diretor com ironia.

James, ao lado de KAte e DiCaprio, quando ganhou Globo de Ouro. 
"Obviamente que foi uma escolha artística, aquilo era suficiente para segurar a Rose, mas o Jack não. Acho que é um pouco estúpido que ainda se tenha essa discussão, vinte anos depois", esclarece James Cameron.

Por outro lado,  continua o diretor, "mostra como o filme foi eficiente ao retratar o Jack de tal forma fascinante, que custou ao público vê-lo morrer. Se ele tivesse sobrevivido, o final do filme não tinha sentido. O filme é sobre morte e depressão, ele tinha de morrer”, acrescenta.

“Chama-se arte, as coisas que acontecem por razões artísticas, não físicas", acrescentou o diretor.

O filme bateu recordes de bilheterias ao conseguir faturar mais de 170 milhões de euros. Titanic recebeu 14 indicações ao Oscar e ganhou 11 estatuetas, incluindo a de Melhor Diretor e de Melhor Fotografia.   (Walther Alvarenga)

(Cenas e trilha de Titanic para você se emocionar. Filme aclamado pela crítica

Nenhum comentário