O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Inacreditável: Noiva morre ao atirar o buquê, em Portugal.


  
Celeste e Rui estavam felizes. Ela se preparou para jogar o buquê.
Celeste Biagué teve ataque cardíaco fulminante no dia do seu casamento

Toda mulher sonha em se casar vestida de branco – véu e igreja lotada com padrinhos e convidados. Enfim, um ritual cultuado em todo o mundo. E ninguém, em sã consciência, pensaria na possibilidade de a noiva ter um ataque e morrer nessa hora de tanta felicidade. Vamos aos fatos:

O casamento de Celeste Biagué e Rui, realizado na cidade de Amadora  - Distrito de Lisboa -, decorria com total normalidade. Recebiam os abraços, cumprimentos, depois da celebração matrimonial.

Celeste aos beijos, minutos antes de sua morte.
A noiva Celeste Biagué, de 42 anos – natural de Guiné-Bissau -, não cabia em si de felicidade. Sorria para os amigos e familiares, repetindo o tempo todo ser aquele momento o mais feliz de sua vida, afinal, Rui era mesmo o seu grande amor.

Até aí nada fora do comum. Até que chegou o momento esperado, quando a noiva, antes de ir para a lua de mel, joga o buquê de flores e quem o apanhar... Com certeza o leitor do BLOG sabe o que acontece.

E infelizmente aconteceu de fato: uma tragédia. No momento em que Celeste jogou o buquê para uma dezena de moças que se acotovelava na esperança de agarrar o buquê, o inesperado ocorreu: Celeste caiu dura no chão.

Celeste morreu ali, diante dos amigos, do seu amado e dos familiares. O que houve? Explico: ela teve ataque cardíaco fulminante, no momento em que jogou o buquê de flores.

Celeste tinha problemas cardíacos e estava em Portugal para fazer tratamentos. A mulher será sepultada na sua terra natal. Depois dizem que o inesperado não acontece.


Walther Alvarenga 


Nenhum comentário