O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Turistas pisoteados até a morte por elefante no safári na Zâmbia

Famílias de turistas mortos fala em negligência do safári na Zâmbia
Uma mulher belga e um homem holandês morreram pisoteados
Dois turistas foram pisoteados por um elefante durante o safari em um popular resort africano. O incidente chocante aconteceu no Maramba River Lodge em Livingstone, na província do sul da Zâmbia.
O porta-voz, Danny Mwale, do Serviço de Polícia da Zâmbia, disse que a mulher da Bélgica, Sabine Goossens, de 57 anos, e um homem, Wim Van Griensven, de 64 anos, da Holanda, foram mortos depois de chegarem muito perto de um elefante porque queriam tirar fotos.
De acordo com a polícia zambiana, ambos os turistas tiveram múltiplas lesões em todo o corpo depois de terem sido pisoteados pelo elefante.
A mídia holandesa e belga identificou os dois falecidos como Sabine Goossens, uma mulher belga que havia vivido na África há 10 anos, e  o amigo holandês, Wim Van Griensven, da cidade de Roermond, na província de Limburg, nos Países Baixos.  De acordo com seus relatórios, o holandês morreu quando ele tentou resgatar Goossens do ataque de elefantes.
Local onde turistas ficaram antes de serem pisoteador por elefante
Os membros da família do falecido negaram relatos de que os dois turistas chegaram muito perto do elefante para tirar fotos.
Eles disseram que estavam apenas olhando os elefantes à distância quando de repente um dos animais correu para fora do rebanho em direção a eles, atropelando os dois.
Os corpos de ambos os turistas foram trazidos para uma morgue em Livingstone. As autoridades da Zâmbia alertaram os turistas antes dos perigos dos elefantes.
De acordo com a mídia da Zâmbia, há uma semana um guarda de segurança foi pisoteado por um elefante na cidade mais popular do país entre os turistas enquanto ele estava a caminho do trabalho.
Walther Alvarenga



Nenhum comentário