O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

26 mulheres assassinadas no Mediterrâneo. Nove estavam grávidas.

O resgate de 375 imigrantes clandestinos no Mediterrâneo
Polícia da Espanha e da Itália trabalham com hipótese de assassinatos

A Marinha espanhola da Cantábria, ao norte da Espanha, chegou à manhã deste domingo em Salerno, na Itália, com mais de 375 migrantes recuperados, há dois dias a deriva, no Mar Mediterrâneo.

Havia 26 mulheres mortas, que teriam se afogado durante a tentativa de entrar clandestinamente na Itália. Entre os corpos, nove mulheres grávidas. A polícia local suspeita de que houve assassinato.

Os imigrantes estavam em um barco inflável, em condições deploráveis. O barco clandestino foi identificado por helicópteros que sobrevoavam a área. A guarda costeira foi acionada.

Para surpresa dos policiais, que atuaram no resgate dos imigrantes, 26 mulheres morreram afogadas, nove dentre elas estavam grávidas, algumas prestes a dar à luz. Os corpos foram levados para Salerno.

O Prefeito de Salerno lamentou a morte das mulheres, dizendo que, “são 26 assassinatos. Isso é lamentável para todos nós".

Para autoridades locais, as mortes das 26 mulheres podem ter sido por assassinato, ou seja, elas teriam sido mortas e jogadas ao mar.

“Alguém matou essas Mulheres e não foi um raio que caiu do céu, é uma coisa óbvia", ironizou um policial.

Com resgate de imigrantes clandestino neste domingo no Mediterrâneo, nos últimos dias, segundo estatísticas, foi um total de 5.900 chegadas em duas semanas, com 13.000 em apenas um mês.

 A polícia considera um crescimento brutal do tráfico humano na região.


Walther Alvarenga

Nenhum comentário