O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A verdade sombria que poucos observam na Família Real britânica

Família Real britânica cumprindo função na Nova Ordem Mundial
Que o diga a saudosa Princesa Diana – vítima da conspiração.

No Reino Unido o destaque da imprensa é o casamento do príncipe Harry –  o sardento e irreverente membro da família real que barbarizou nas noitadas bizarras de Londres. Ele vai se casar com a atriz americana Meghan Markle, que os ingleses insistem em chama-la de plebeia. Tudo não passaria de um mero conto de fadas – daqueles livros que ninguém mais quer ler e que fica esquecido na estante –, não fosse à importância dada ao evento, pertinente ao contexto da realidade britânica.
Alguém poderá contestar dizendo que se trata da cultura britânica, de um país onde a monarquia exerce influência e tantos blá, blá, blas, mas, ainda assim acredito ser um fator desagregador, na contramão de que o mundo realmente precisa na atual circunstância. Nada contra o casamento, mas a humanidade não pode se ater a isso.
O peso da coroa, segundo a Rainha Elizabeth II.
Em recente declaração, a Rainha Elizabeth II disse que o peso da coroa é incomodo – pasme leitor do BLOG –, e que quando na sua coroação – em 2 de junho de 1953 –, “sofreu” com tantos diamantes acima do pescoço. Ela mal conseguia acenar para os súditos. Algo torpe, inconsistente, mas que a imprensa britânica se vangloria.
Quanto ao casamento do príncipe Harry, recentemente houve confusão no centro de Londres, com tentativa de esconder a sujeira embaixo do tapete, ou seja, retirar os moradores de rua das ruas, no dia do casamento real.
Casamento do príncipe Harry e Meghan Markle
Lembro-me que uma senhora inglesa – simples mortal, mas convicta de seus argumentos – fez duras críticas aos agentes da rainha, que visitavam os locais onde dormem os mendigos, avisando-os de que seriam levados para abrigo.
Indignada, a tal mulher disparou, defendendo os desvalidos e procrastinados súditos: “Levem todos para o Palácio de Buckingham, lá tem espaço o suficiente para abrigar essa gente toda”, alfinetou.
Princesa Diana, vítima da conspiração.
Parar o mundo para prestar atenção no fútil – na briga de beija-flores –,  mediante aos percalços que assolam a superfície deste planeta, com líderes mundiais que se digladiam fabricando bombas nucleares; fomentando a criação de vírus em laboratórios para dizimar parte da raça humana, é, no mínimo, estapafúrdio.
A família real é um dispositivo de alienação aos propósitos da Nova Ordem Mundial. Estagnar o livre arbítrio, engessar o senso de observação com atos distrativos é congruente aos interesses de soberanos manipuladores, os senhores do mundo. Incrível, mas até mesmo o que nos parece desnecessário tem o seu alvo.
Membros de uma família que o mundo os observam
É nobre falar de príncipes e de princesas, vislumbrar palácios e carruagens, mas o tripé que ostenta essa parafernália de usuras está corroído. Que o diga a saudosa Princesa Diana – vítima da conspiração.
Você deve estar se perguntando quais os males de uma família real britânica ou de um casamento. Como isso pode causar danos ao mundo, a mim ou a você. Aconselho a ler novamente o texto acima. As peças do quebra-cabeça são evidentes. Boa sorte, leitor!
WaltherAlvarenga

Nenhum comentário