O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coreia do Norte se une aos sul-coreanos e diz que EUA são único alvo de guerra

Líderes das coreias estiveram reunidos nesta terça em missão de paz
Essa estratégia poderia enfraquecer relações entre EUA e Seul
As relações entre a Coréia do Norte e Coreia do Sul apaziguaram-se depois das primeiras conversas presenciais em mais de dois anos entre líderes dos dois países. O grande motivo de aparar as arestas é a realização das Olimpíadas de Inverno, que reúne atletas norte e sul-coreanos.
As Olimpíadas de Inverno ajudaram a produzir o degelo, já que os norte-coreanos prometeram enviar uma delegação para o espetáculo do próximo mês na Coréia do Sul, que incluirá atletas, torcedores e autoridades.
Atletas norte-coreanos vão disputar Olimpíadas de Inverno
As equipes do Norte e do Sul poderão marchar juntas na cerimônia de abertura em uma demonstração de reconciliação. Uma linha direta de emergência fechada em fevereiro de 2016 deve ser reaberta e ambas as partes concordaram em conversas futuras.
A Coréia do Sul disse que está pronta para levantar algumas sanções temporariamente para que os norte-coreanos possam visitar as Olimpíadas em Pyeongchang, a cerca de 60 milhas da fronteira.E após 11 horas de conversações entre funcionários, a Coréia do Norte, que detonou sua sexta e maior bomba nuclear em setembro, apresentou "uma forte queixa" porque Seul propôs conversas para desarmar a península coreana.
O acordo de paz para os jogos durou 11 horas de reunião
O principal negociador de Pyongyang, Ri Son Gwon, disse: "Todas as nossas armas, incluindo bombas atômicas, bombas de hidrogênio e mísseis balísticos, visam apenas os Estados Unidos, não nossos irmãos, nem a China e a Rússia”, ressaltou.
"Esta não é uma questão entre a Coréia do Norte e a Coréia do Sul, e abordar essa questão causaria consequências e riscos negativos, transformando toda a boa conquista de hoje em nada".
Há receios, no entanto, de que o ditador norte-coreano Kim Jong-un esteja tentando enfraquecer relações  entre os EUA e a Coreia do Sul.Um porta-voz dos EUA disse que a participação norte-coreana nas Olimpíadas seria "uma oportunidade para o regime ver o valor de acabar com seu isolamento internacional por desnuclearizar". 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário