O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Morgan Freeman pede respeito em homenagem. Alguém na plateia o ignora no palco.


Morgan Freeman se irrita e chama atenção de rapaz na plateia 
Foram minutos de silencio quando Morgan Freeman pediu por respeito

Morgan Freeman foi homenageado com o Prêmio Lifetime Achievement da Screen Actors Guild por seu trabalho no setor de televisão e cinema. Tudo muito certo não fosse um rapaz na plateia – sentado na primeira fila – que conversava com outra pessoa, na fila de trás, dando as costas para o palco, ignorando a presença do ilustre veterano ator, de 80 anos – bem à sua frente.
Freeman abaixou a cabeça e desabafou pedindo por respeito
Ao dirigir–se ao microfone, antes de falar, Morgan Freeman ficou olhando para o sujeito na primeira fila, que o incomodava pela falta de atenção e respeito à sua pessoa. O jovem continuou conversando. Morgan cruzou os braços e esperou.

"Ei, estou bem aqui! Estou falando com você. Sim, alô!" Disse Morgan ao rapaz, extremamente irritado. O jovem voltou-se para o palco constrangido, envergonhado diante do olhar de reprovação do ator. Morgan ainda permaneceu em silencio, olhando fixamente para o indivíduo.
Freeman falou da importância do prêmio
A lendária estrela de Hollywood recebeu uma ovação de pé enquanto caminhava para o palco para aceitar seu prêmio. Ele recebeu o troféu de sua amiga e colega Rita Moreno, que estrelou na série The Electric Company ao seu lado na década de 1970.
Ator foi ovacionado ao receber prêmio por seu trabalho no cinema
Morgan Freeman fez o seu discurso de aceitação do prêmio, teceu elogios aos organizadores e citou a importância de trabalhar no cinema e na televisão. No final do discurso uma alfinetada:

“Quando estamos diante de alguém que está sendo homenageado pelo conjunto de sua obra, que presta serviços com intuito de entreter e de levar emoção ao mundo, através de seus feitos com a mágica do cinema e da televisão, o respeito é fundamental. E dar as costas a este alguém, em momento tão significativo, é um insulto, sem precedentes”, disse Morgan.

A plateia aplaudiu Morgan Freeman de pé, e o rapaz se encolheu na poltrona, e não teve o mínimo respeito de se levantar para aplaudir Morgan Freeman. O nome do indivíduo? Isso não importa, continuará relegado ao ostracismo. 


Walther Alvarenga  

Nenhum comentário