O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Briga entre refugiados na França deixa 4 feridos. Calais vira campo de guerra.

Grupos rivais se confrontaram em Calais, armados com barras de ferro.
Calais se transforma em campo de batalha : barras de ferro e tiroteio.
O acampamento para refugiados em Calais, na França, que abriga cerca de 800 imigrantes viveu um dia de fúria nesta quinta-feira, após confrontos entre os próprios imigrantes, no momento da distribuição de alimentos. Quatro imigrantes foram baleados, quando a polícia agiu com truculência  para conter o conflito.
Calais, segundo testemunhas, se transformou em um campo de batalha, com grupos rivais armados com barras de ferro, outros com pedaços de madeira, no exato momento em que se distribuía alimentos para os refugiados.
A polícia socorreu os feridos e dispersou o confronto
Fala-se em provocações entre os grupos rivais, desencadeando-se agressões, então policiais atiraram, na tentativa de dispersar a briga generalizada. Os imigrantes gravemente feridos foram hospitalizados e lutam pela vida.
Na versão da polícia, alguns refugiados sofreram ferimentos na cabeça depois de serem atacados com polos de metal. A polícia teve de intervir para proteger os imigrantes afegãos depois de terem sido "ameaçados por 200 migrantes de nacionalidade eritreira".
A briga começou no momento da distribuição de alimentos
O ministro francês do Interior, Gerard Collomb, disse nesta quinta-feira  que viajará para Calais para rever a situação após o que ele chamou de "incidentes sérios" de hoje.
Ele twitteou: "Após os graves incidentes que ocorreram hoje, vou a Calais hoje à noite para um encontro com o prefeito e autoridades locais. A situação em Calais ficou insustentável. Temos de evitar novos confrontos”, escreveu.
Pivô da confusão - As cenas de violência vêm se repetindo depois que um menino de 16 anos perdeu um olho durante um choque com a polícia anti-motim em Calais.
Mais de 100 imigrantes ilegais e 50 policiais estiveram envolvidos naquele conflito violento, depois que os imigrantes tentaram impedir a polícia de desmantelar o acampamento recém-construído e destruir suas tendas.Três outros imigrantes e dois policiais de motim também foram feridos nos confrontos, durante os quais foi lançado o gás lacrimogêneo para conter o vandalismo.
Calais continua a ser um imã para centenas de jovens que estão determinados a chegar ao Reino Unido. Poucos foram dissuadidos pela promessa do presidente francês Emmanuel Macron de reprimir a imigração ilegal.
As autoridades dizem que cerca de 600 imigrantes estão na região de Calais, embora grupos humanitários falem em 800 imigrantes.
Walther Alvarenga


Nenhum comentário