O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Comércio de carne de cachorro na Coréia do Sul enoja turistas. 2,5 milhões de animais mortos.

Carne de cachorro é vendida em feiras na Coréia do Sul
80 mil cães são vendidos e abatidos no país. Coreanos adoram sopa de cachorro.
Olimpíadas de Inverno de PyeongChang, na Coréia do Sul, estão prontas para começar, após a cerimônia de abertura nesta sexta-feira. No entanto, imagens impactantes do comércio de carne de cachorro a céu aberto, segredo que o país tentou manter, agora é visto com repudio pelos turistas que foram assistir aos jogos.
Até 80 mil cães são vendidos e abatidos no dia a dia para serem feitos na sopa bosintang coreana que custa até cinco dólares – o que o folclore local afirma que aumentará o desejo sexual do comedor quando digerido.
Turistas que foram à Coréia ver as Olimpíadas estão estarrecidos
Comprar ou servir carne de cachorro é considerado legal na Coréia do Sul. Oficialmente, o ato é mal visto, mas o consumo de cães ainda é tolerado devido à enorme demanda pública.
Acredita-se que um em cada três coreanos tenha comido carne de cachorro pelo menos uma vez, com um em cada 20 considerado consumidor regular, de acordo com relatório.
Cachorros presos para o abate. Coreanos adoram sopa com cachorro
A carcaça de um grande cão adulto vende até 200,000 won sul-coreanos, US $ 180 ou £ 130 e cerca de US $ 18,00 por libra ou £ 6,50 por kg - tornando o comércio de carne do cão altamente rentável.
Já filhotes de dois meses de idade são vendidos por 6,50 libras de caixas de metal e caixas de papelão, com alguns sinais dizendo que eles também podem ser comidos. Cerca de 17 mil fazendas de cães ainda operam em toda a Coréia, com 2,5 milhões de animais mortos por ano.
Sopa com carne de cachorro custa até cinco dólares
O mercado de Moran, em Seongnam, o maior mercado de cães ao ar livre do país, está localizado fora de Seul e fica a cerca meia hora de distância do Estádio PyeongChang, onde as Olimpíadas de Inverno começarão nesta sexta-feira.
As autoridades alegaram que o comércio de carne de cachorro deveria fechar em maio do ano passado, mas a prática acabou de se tornar mais escondida. As imagens de carnes de cães expostas deixam os turistas enojados.
As carcaças de cães sendo vendidas no mercado, bem como sopa tradicional de carne de cachorro, causa enjoo em alguns, mas desperta a curiosidade de outros.
Evitando maior polêmica com o comércio de carne do cão escondido do mundo exterior, os mercados agora impedem que os visitantes façam fotos por dentro.
Segundo uma vendedora de sopa de carne de cachorro, "É como fazer qualquer sopa de carne. Não posso falar sobre como matar o animal porque não é permitido, é tolerado. Mas, uma vez que você tenha a carne, você cozinha com vegetais e especiarias, depois sirva quente. É muito popular ".
Um comerciante carne de cachorro disse: "Os cães são animais de estimação ou para a cozinha, depende de você. Depois de comprar um cachorro, você pode fazer dele o que quiser ".
A revelação chocante vem depois que 13 cães resgatados de um corredor de morte da Coréia do Sul chegaram na Grã-Bretanha no mês passado para começar a vida como animais de estimação apreciados. Pete Wicks conheceu os cães no aeroporto de Heathrow, depois que ele participou da missão de resgate.
Walther Alvarenga

Nenhum comentário