O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estudantes saem às ruas exigindo dos EUA medidas eficazes contra armas de fogo

Foi o grito de guerra dos estudantes americanos em Washington
Ação foi designada "National School Walkout" e mobilizou o país

Dezenas de milhares de estudantes norte-americanos do ensino básico e secundário saíram às ruas nesta quarta-feira para exigir dos senadores e da administração de Donald Trump medidas concretas contra as armas de fogo.


Jovens em todo o país saíram as ruas para pedir ação das autoridades
A ação que decorreu em todo o país e foi designada "National School Walkout", prestou homenagens às vítimas do ataque na escola da Florida, onde 17 pessoas perderam a vida.

Homenagem as 17 pessoas que morreram na escola da Flórida
Frente à Casa Branca, em Washington, centenas de jovens fizeram ecoar as suas palavras de protesto: "Protejam o nosso futuro, não as armas de fogo" ou "Não bastam as orações".

A manifestação nacional iniciou-se às 10 horas (11 horas de Brasília) e deveria prolongar-se por 17 minutos, um minuto por cada uma das 17 pessoas mortas a tiro em 14 de fevereiro no liceu em Parkland, na Flórida.

No entanto, em numerosas escolas, os estudantes decidiram prolongar a iniciativa. Ocorreram mais de 3.000 passeatas de protesto por todo os EUA e em diversas regiões do mundo. No início dos protestos, o Presidente Donald Trump viajava em direção a Los Angeles.


Walther Alvarenga


Nenhum comentário