O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Preso atirador, de 19 anos, que matou os pais na Universidade de Michigan.

James Eric Davis Jr. estuda na Universidade de Michigan

Atirador identificado por James Eric Davis Jr. foi preso em estação de trem

O atirador  e estudante James Eric Davis Jr., de 19 anos, suspeito de atirar e matar seus pais no campus da Universidade Central de Michigan, foi detido pela polícia na madrugada deste sábado, segundo comunicado das autoridades local. Ele abriu fogo no prédio do Campbell Hall, provocando um alerta de armas na área da cidade de Mount Pleasant.

Os pais do atirador foram identificados como James Eric Davis e Diva Jeneen Davis. Os corpos foram encaminhados para averiguações em hospital próximo da universidade.

Foram momentos de terror entre alunos da Universidade de Michigan
O garoto que estava foragido foi reconhecido por passageiro de um trem, quando o suposto assassino estava deixando a estação. Ele foi denunciado e detido por forças de segurança sem incidentes pouco depois da meia noite, segundo a universidade.

A operação de busca por James Eric Davis Jr. contou com mais de 100 agentes, alguns fortemente armados, que buscavam o universitário pela vizinhança da cidade de Mount Pleasant.

As autoridades federais, estaduais e locais procuravam por Davis usando helicópteros e cães policiais. Ele é suspeito de matar a tiros sua mãe e seu pai, um policial, dentro de um dos prédios de dormitórios. O porta-voz da polícia da universidade descreveu o caso como um "tipo de problema familiar".


Corpos dos pais mortos foram identificados pela polícia
Os falecidos não são estudantes e a polícia acredita que a situação começou com uma desavença doméstica. Não há ferimentos adicionais. Escolas em toda a área de Mount Pleasant foram colocadas em bloqueio como precaução, disse a polícia.

O governador do Michigan, Rick Snyder, disse no Twitter que a "prioridade agora é a segurança daqueles que ainda estão no campus". O presidente Donald Trump foi informado sobre o tiroteio, de acordo com o vice-presidente da Casa Branca, Hogan Gidley.

Helicópteros e policiais fizeram varredura na universidade

O último tiroteio ocorre apenas duas semanas depois de 17 pessoas serem mortas a tiros na Marjory Stoneman High Scholl, em Parkland, na Flórida. O assassino Nikolas Cruz, 19, pulverizou fogo automático ao redor do campus de sua escola, provocando fúria em toda a América.

Walther Alvarenga


Nenhum comentário