O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rússia desafia o mundo com novo arsenal de armas nucleares. “Ouça-nos agora”, diz Putin.

Vladimir Putin apresenta novo arsenal de armas nucleares da Rússia

Putin adverte o mundo: "estamos em nova corrida de armamentos".
O mundo ficou perplexo diante do armamento que a Rússia divulgou nesta quinta-feira, deixando evidente que eles, os russos, são os donos do universo, e que ninguém ouse desafiá-los.
O Presidente Vladimir Putin apresentou as novas armas nucleares, que ele se orgulha em alcançar, em qualquer lugar, colocando o mundo em risco de uma "nova Guerra Fria".
Os russos colocam o mundo em risco com novo arsenal
Os inimigos que se cuidem, pois Putin é capaz de tudo mediante ao poder de armamento que o país dispõe, de causar inveja aos líderes que se denominam imbatíveis, incluindo Kim Jong-un da Coreia do Norte.
Poderoso e determinado, o líder russo advertiu que, "estamos em uma nova corrida de armamentos".O anúncio marca "uma nova corrida armamentista que colocará o mundo sob o terror de uma nova Guerra Fria
Exército se prepara para conter a ira do inimigo
Especialistas alertam que  a Rússia, a Coréia do Norte, a China e os Estados Unidos - todos os participantes da última Guerra Fria - continuam a construir suas forças armadas arsenal.
E em uma ameaça pouco velada para o Ocidente, o presidente russo disse: "A Rússia permaneceu como uma potência nuclear, mas ninguém queria nos ouvir. Ouça-nos agora".
Armas de longo alcance em poder dos russos
As observações de Putin foram mais tarde expressadas pelo ministro da Defesa da Rússia, Sergey Shoygu, que acusou ainda os países da OTAN de tentarem arrasar Moscou para uma nova corrida de armamentos.
No ano passado, o teste da Coréia do Norte lançou três mísseis balísticos intercontinentais (ICBM) que eles se vangloriaram para chegar ao continente dos EUA, enquanto Donald Trump se comprometeu repetidamente a atualizar os militares dos EUA com um enorme aumento no orçamento.
Em fevereiro deste ano, a China anunciou que um novo avião de combate de combate secreto J-20 desdobrou para o serviço de combate.
O porta-voz da Força Aérea do Exército Popular de Libertação, Shen Jinke, disse que a implantação do avião de guerra "ajudaria a força aérea a assumir a missão sagrada de salvaguardar a soberania nacional, a segurança e a integridade territorial".
Acredita-se que a última adição ao exército chinês esteja equipada com motores turbo WS-15 únicos capazes de alcançar velocidades supersônicas.
Enquanto isso, o arsenal mais recente da Rússia inclui uma nova arma supersônica que não pode ser rastreada por sistemas antimísseis.
Putin também acrescentou que a Rússia agora tem drones subaquáticos que podem transportar ogivas nucleares também estão sendo testados pela nação secreta.
Walther Alvarenga




Nenhum comentário