O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Substância usada no envenenamento de ex-agente russo pode ter contaminado britânicos

Substância química que envenenou Serguei Skripal contamina britânicos

Envenenamento de pai e filha em restaurante da Inglaterra é incógnita
O que continua intrigando autoridades do Reino Unido é o envenenamento do ex-agente russo Serguei Skripal, e de sua filha Yulia, encontrados inconscientes no último dia 4 em um banco de praça na cidade inglesa de Salisbury, onde vive o ex-espião. 
Seguei e a filha encontram-se hospitalizados em estado crítico, na unidade de terapia intensiva no Salisbury District Hospital, onde há um forte esquema de segurança.
Ao lado da filha Yulia, ex-agente russo antes de ser envenenado.
Os olhares de autoridades britânicas estão voltados para a Rússia, lembrando o envenenamento de Alexander Litvinenko, ex-agente do serviço secreto russo assassinado em Londres em 2006, por ordem de Moscou.
Serguei Skripal foi condenado por traição na Rússia, quando se mudou para a Inglaterra em 2010, em uma troca de prisioneiros organizada por Moscou, Londres e Washington.
Área do restaurante Zizzi foi evacuada por segurança 
Centenas de pessoas que estavam no Restaurante Zizzi, no centro de Salisbury, onde o espião russo e sua filha almoçaram – e foram envenenados –, tiveram aviso para lavar suas roupas e pertences pessoais.
Teme-se que cerca de 500 pessoas pudessem ter entrado em contato com a substância mortal. Os uniformes usados ​​pela equipe do restaurante foram destruídos.
Funcionários do Zizzi tiveram seus uniformes queimados
Os traços do produto químico não identificado foram encontrados no restaurante de Zizzi. O detetive Sergeant Nick Bailey que prontamente ajudou pai e filha está contaminado com a substância.
O Public Health England advertiu que era possível que a substância pudesse ter entrado em contato com roupas ou pertences e "ainda poderia estar presente em pequenas quantidades e, portanto, contaminar a pele".
As pessoas que estavam no restaurante foram convidadas a lavar todas as roupas usadas no dia em que visitaram o local. O Reino Unido estuda uma forma de retaliação à Rússia.
A Rússia, no entanto, tem negado envolvimento na tentativa de assassinato de Serguei Skripal. O secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, disse que o país responderá de forma "robusta" se comprovar que Moscou orquestrou o atentado. 
Walther Alvarenga 

Nenhum comentário