O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadê a resposta, presidente? O Brasil não pode ser estrangulado!

Nos postos de combustíveis não há como abastecer. Acabou a gasolina.

A situação se agrava e a população brasileira fica refém do caos

Os caminhoneiros mantem-se irredutíveis e querem que o preço do diesel abaixe nos postos de combustíveis ou a greve continua. De um lado a força de uma classe trabalhadora – os caminhoneiros – que descobriu o potencial que conduz o Brasil sobre rodas, e exige um posicionamento do governo. Na outra extremidade – pode-se dizer o lado mais fraco, que se tornou refém –, o Presidente Michael Temer e seus aliados buscam alternativas – até o momento inviáveis –, antes que o país seja estrangulado.

Nos supermercados os alimentos começam a ficar escassos. O gás de cozinha desapareceu do mercado e a dona de casa não sabe o que fazer. Lembrando os tempos áureos de nossos avós, o fogão de lenha – mesmo que improvisado – pode ser a grande saída. “Quem não tem cão...”

Caminhões paralisam as rodovias do país
Na verdade, o governo brasileiro denota o quanto está enfraquecido e despreparado para lidar com situações emergenciais. E o que mais surpreende é que no Senado federal e na Câmara de deputados, em Brasília, há poucos parlamentares. Cadê os homens? Todos viajando!

O fogo se alastra perante a opinião pública, mas os despreparados políticos nosso de cada dia estão em plena campanha – pasme leitor –, garantindo votos para outubro. Mas o agora está de ponta cabeça, como isso é possível?

O drama do povo para pegar ônibus em São Paulo
A farra dos Sérgios Cabrais da vida deu nisso! O índice de corrupção que arrastou o Brasil para o abismo é derivado de um bando de calhordas que se usurpou do poder e deixou a realidade no osso – ou melhor, no bagaço.

Analistas políticos e economistas dão tiros para todos os lados, mas erram o alvo porque a situação é muita mais complexa do que supõe a vã filosofia. O povo brasileiro, mais uma vez, está acuado. Não tem para onde correr.

Os trabalhadores estão encalhados nos pontos de ônibus do país, amedrontados. Não sabem como voltar para casa, pois a falta de combustíveis obrigou as empresas de transporte urbano a racionar a sua frota. Os postos estão sem combustíveis.

Os estoques de alimentos estão ficando escassos
Nas rodovias, fileiras de caminhões estacionados, motoristas de braços cruzados, inertes diante do problema que se agrava à cada segundo, ameaçando hospitais, voos em aeroportos e o bom senso do cidadão  brasileiro.

Precisamos de respostas! O Brasil carece de alternativa concreta para que o país consiga respirar, seguir de alguma forma ou vamos todos mergulhar no caos social.

As promessas infundadas de enganadores do povo; os horizontes miraculosos de construções faraônicas para uma Copa do Mundo que amputou o Brasil, hoje refletem na realidade da população. O grito de gol ficou excessivamente caro para a nação brasileira.

Os caminhoneiros sacudiram o país! Jogaram as cartas na mesa e dominam as regras do jogo. E agora, presidente? Alguém precisa encontrar a saída, urgente!

Walther Alvarenga




Nenhum comentário