O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasileiro mata filha de 19 anos em Massachusetts e pega prisão perpétua

Walter da Silva disse que matou a filha por se sentir desrespeitado

Walter da Silva atirou e matou a filha, Sabrina da Silva, de 19 anos.
O brasileiro Walter da Silva, que atirou e matou a filha, Sabrina da Silva, de 19 anos, em New Beddord (Massachusetts), foi condenado à prisão perpétua na sexta-feira. Tentando justificar o crime bárbaro, Walter, que vivia indocumentado nos EUA, disse que se sentiu desrespeitado. O motivo? A garota vivia com homem mais velho, de 56 anos.
O assassinato aconteceu em 2016, ocasião em que Walter da Silva foi até a casa da filha para matar o casal. O companheiro da garota não se encontrava então o brasileiro não titubeou e atirou contra Sabrina, que morreu na hora, deixando uma filha de apenas dois anos.
De acordo com os documentos judiciais, segundo divulgou o Brazilian Times, Walter admitiu que cometeu o crime porque a filha persistiu no namoro com homem mais velho, contra a sua vontade. Disse que se sentiu chateado quando a jovem se recusou a visitá-lo no Dia dos Pais, em 2016.
O crime - Depois de obter arma de fogo, Walter foi para a casa de sua filha, em New Beddord, em 3 de julho de 2016. Tinha como plano matar o casal. Mas, ele decidiu matar apenas a sua filha depois que não encontrou o namorado dela.
Depois de quase dois anos de procedimento legal, Walter e seus advogados chegaram a um acordo judicial. Segundo a WWLP-22 News, "como parte do acordo, ele será elegível para liberdade condicional depois de cumprir 25 anos. Sabrina da Silva deixou uma filha que hoje tem quatro anos de idade. 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário