O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Kim e Trump: aperto de mãos mais fotografado da história. Acordo é assinado.

Kim Jong-un e Donald Trump assinam acordo em Singapura
Donald Trump e Kim Jong-un selam um “vínculo especial” em Singapura
Os dois líderes apertaram as mãos no primeiro encontro do gênero entre os líderes da Coréia do Norte e dos EUA, que começou às 13 horas em Cingapura. Fotógrafos e cinegrafistas do mundo documentaram o encontro histórico entre os presidentes Donald Trump e Kim Jong-un.

O presidente Trump disse que havia formado um "vínculo especial" com o Jong-un e estaria convidando-o a visitar a Casa Branca no futuro. Houve troca de gentilezas.
As arestas do passado entre Trump e Kim, que desencadeou a preocupação de uma provável guerra nuclear, foram substituídas pelo aperto de mãos, sorrisos, sob os olhares do mundo. 
Kim e Trump selam acordo de paz entre ambos os países
Veja o acordo - O acordo assinado por ambos os líderes é o seguinte:

Os EUA e a RPDC (República Democrática Popular da Coreia) comprometem-se a estabelecer novas relações EUA-RPDC de acordo com o desejo dos povos dos dois países pela paz e prosperidade.

2. Os EUA e a RPDC unirão os seus esforços para construir um regime de paz duradouro e estável na Península da Coreia.

3. Reafirmando a Declaração de Panmunjom de 27 de abril de 2018, a RPDC compromete-se a trabalhar para a desnuclearização completa da península coreana.

4. Os EUA e a RPDC comprometem-se a recuperar prisioneiros de guerra / refugiados permanentes, incluindo o repatriamento imediato dos que já foram identificados.

O presidente Trump disse que o líder norte-coreano fez um "compromisso inabalável" para completar a desnuclearização da península coreana.

Donald Trump disse: "Presidente Kim e eu acabamos de assinar um acordo conjunto e reafirmamos acordo para completar a desnuclearização da península da Coréia. Este não é o passado, este não é outro governo que nunca lutou por isso, portanto, nunca realizou o que está feito’, alfinetou.

"Kim já está destruindo um local de testes de mísseis. Hoje é o começo de um processo árduo - nossos olhos estão bem abertos. Isso deveria ter sido feito anos atrás. Deveria ter sido resolvido há muito tempo - mas estamos resolvendo isso agora”, disse Trump.

"Qualquer um pode fazer guerra, mas somente os mais corajosos podem fazer a paz", enfatizou o republicano.

Trump disse que o local de testes de mísseis norte-coreano "será destruído muito em breve". Ele acrescentou que também estaria "parando os jogos de guerra", uma referência aos exercícios militares com a Coréia do Sul. O presidente dos EUA os chamou de "tremendamente caros" e "provocativos" para a Coréia do Norte.

Descontraído diante do aglomerado de jornalistas, Trump brincou dizendo que os deixassem – ele e Kim – bem mais magros e bonitos. O aperto de mãos mais fotografado da história hoje está em todos os noticiários e nos principais jornais do mundo. 

Walther Alvarenga


Nenhum comentário