O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tiroteio em Toronto causa morte e deixa pessoas feridas. Alerta vermelho.

Polícia foi acionada em área de intenso tiroteio

Tiroteio ocorreu ao longo da movimentada Avenida Danforth
Várias pessoas foram levadas às pressas para o hospital de Toronto, no Canadá, incluindo uma jovem, com "ferimentos significativos" após um tiroteio em massa em Danforth.
A polícia de Toronto disse que o tiroteio ocorreu ao longo da Avenida Danforth, perto da Avenida Logan, na área movimentada de Greektown.
Área do confronto foi isolada pela polícia de Toronto
O atirador abriu fogo no bairro Greektown da cidade, levando terror  aos moradores. Segundo testemunhas, o homem segurava a arma com as duas mãos quando começou a atirar, demonstrando ira.
Foram momentos de pânico que resultou em morte
O chefe de polícia Mark Saunders disse que 15 pessoas foram baleadas, incluindo o atirador. Uma vítima está morta e uma jovem está em estado crítico. Treze outras vítimas estão no hospital com graves ferimentos.
Testemunhas na área disseram que ouviram entre 10 e 20 tiros sendo disparados.A residente local, Suzanne Kanso, disse: “Eu estava sentada em um carro com um amigo quando ouvimos os tiros”, disse apavorada.
Moradores e turistas foram afastados da área
"Policiais chegaram de imediato, com grandes armas, com mais de 20 carros, isolando toda área", acrescentou Kanso.
A polícia disse que ainda não estabeleceu um motivo para o tiroteio. "estamos investigando o que de fato causou a motivação disso e estamos atentos agora”, disse um oficial da polícia.
"Eu posso dizer que houve troca de tiros. Fico feliz que meus oficiais estejam seguros e estou feliz que isso esteja resolvido. Não estou feliz que haja algumas pessoas que foram vítimas de tiroteios”.
Polícia de Toronto está atenta
O prefeito John Tory disse: "As pessoas não devem chegar a nenhuma conclusão porque os próprios policiais ainda não tiraram nenhuma conclusão do que aconteceu aqui", alertou.
O repórter local Jeremy Chohn twittou: “Os paramédicos confirmam que oito pacientes foram levados ao hospital, incluindo uma criança”.
Segundo a polícia, o atirador, até o momento não identificado, tem cerca de 35 anos, cabelos longos, chapéu preto. Ele vestia uma camisa escura com mangas compridas enroladas e calças pretas.
"Ele era magro, mas tinha um olhar horrível, com expressão de ódio, como se estivesse sob influência ou algo muito ruim”, declarou outro policial.
A Comissão de Trânsito de Toronto disse que os trens não param em Chester com o resultado da atividade policial.
Acredita-se que o tiroteio tenha ocorrido por volta das 22h, horário local (23h no horário de Brasília).As mortes por violência armada na cidade aumentaram 53 por cento até agora em relação ao mesmo período do ano passado. 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário