O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Primeiro carro voador do mundo pronto para ser vendido. Quem se habilita?

O carro voador, da Volvo, estará a venda no próximo mês de outubro.

Primeiro carro voador do mundo estará à venda no próximo mês
Pode parecer “coisa” de filme de ficção científica, mas o futurismo tecnológico avança. No próximo mês, o primeiro carro voador do mundo estará à venda em todo o mundo. Isso mesmo. Agora o motorista poderá voar e nem precisará de asas para isso.
As pré-vendas do carro voador estão programadas para começar no próximo mês pela Terrafugia Transition – da Volvo -, idealizadora do veículo.
É um carro elétrico híbrido com dois lugares
É um carros elétrico híbrido de dois lugares que poderá alternar entre os modos de condução e voo em menos de um minuto. As entregas do novo carro voador começarão no início de 2019.
A Terrafugia Transition poderá voar até 400 milhas a velocidades de até 100 km por hora. Imagine, leitor do BLOG, a sensação de poder voar.
Os preços do novo modelo ainda não foram confirmados, mas a agência de notícias chinesa Xinhua afirma que as vendas iniciais começarão neste mês de outubro.
A Terrafugia, que pertence à controladora Volvo, fez recentemente algumas melhorias no carro. Isso inclui melhores assentos, mais espaço de armazenamento, cintos de segurança melhorados e airbags.
Para dirigir é preciso ter licença de piloto e carteira de motorista
Além disso, recebeu câmeras de visão traseira e um novo sistema de paraquedas. A Terrafugia também montou um modo de "boost" que dará uma "breve explosão de potência extra durante o vôo".
O veículo foi certificado como aeronave esportiva leve pela Federal Aviation Administration em 2016 e também atende aos padrões da National Highway and Traffic Safety Administration.
Os clientes, no entanto, precisam ter uma carteira de motorista e uma licença de piloto para poder operar o veículo.
A Volvo aposta no sucesso de vendas do carro voador
A transição será capaz de voar a uma altitude máxima de 10.000 pés e utiliza asas dobráveis ​​para poder viajar no ar.
O CEO da empresa, Chris Jaran, disse o seguinte: “O desenvolvimento desta nova tecnologia nos permitiu testar vários mecanismos diferentes e gerar melhorias no processo ao longo do caminho”.
“Estamos no ponto crítico em que podemos implementar os melhores recursos de design com base em anos de testes de voo e de acionamento”.
“Isso vai melhorar a função, a segurança ,  e  estética para o vôo ideal e experiência de condução”, explicou o empresário.
A empresa também está desenvolvendo o TF-X, que é uma variante de quatro lugares que será controlada por computador.
"O TF-X não exigirá um aeroporto para decolagem e pouso, e passará por todas as estradas e rodovias - proporcionando a conveniência do verdadeiro transporte porta-a-porta", disse a empresa. 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário