O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Surpresa nas eleições do Brasil. Segundo turno define polarização entre presidenciáveis.

Bolsonaro e Haddad na disputa pelo Segundo Turno

Caciques da política brasileira ficaram de fora, contrariando pesquisas.

A polarização da campanha presidencial no Brasil ficou evidente com a definição do segundo turno que traz Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no centro das disputas. É um momento importante para o eleitorado brasileiro definir o seu lado, principalmente os eleitores de Ciro Gomes, Geraldo Alckmin e Marina Silva. E a partir desta segunda-feira recomeça a campanha eleitoral com ambos os candidatos buscando aliados na esfera de possibilidades, também se alinhando com os demais partidos políticos.

O fenômeno Bolsonaro mostrou força nestas eleições, favorecendo os candidatos ao Senado e a Câmara Federal, com expressivas pontuações o que leva acreditar na possível vitória do candidato do PSL à presidência da república.

E o que mais surpreendeu nestas eleições foram os chamados “medalhões da política brasileira” que ficaram de fora – não conseguiram se reeleger -, caso dos senadores Cristóvão Buarque e Magno Malta. Outros notáveis que amargaram na derrota, o atual presidente do Senado, Eunício Oliveira, os caciques do MDB, Romero Jucá e Edison Lobão.

Falando em Senado, a ex-presidente Dilma Rousseff foi derrotada em Minas Gerais, ficando na quarta colocação da disputa por uma vaga no Senado, contrariando as pesquisas que a apontavam como favorita.

Também caiu no ostracismo o atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel – banido da reeleição -, denotando derrota do PT no Estado. Aécio Neves, que desistiu de se reeleger pelo Senado, teve pouco mais de 100 mil votos e conseguiu refúgio na Câmara Federal.

O palhaço Tiririca foi reeleito à Câmara Federal pela terceira vez, enquanto que o polêmico deputado federal Jean Wyllys, perdeu. Já os filhos de Jair Bolsonaro, Eduardo e Flávio Bolsonaro venceram na Câmara Federam e no Senado, respectivamente.

O leitor do BLOG pôde acompanhar uma eleição de surpresas, portanto,  quem aparecia nas pesquisas de intenção de votos como provável vencedor foi derrotado nas urnas.

Os olhos do mundo agora estão voltados para o segundo turno das eleições presidenciais no Brasil que já começou nesta segunda. Muita expectativa para os resultados finais no dia 28 de outubro quando o Brasil saberá de fato que será o próximo presidente do país. 

Walther Alvarenga



Nenhum comentário