O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

10 futuros craques do futebol morrem queimados em “alojamento” de lata.

Todos esses garotos tinham um sonho e morreram abruptamente

Todos dormiam em quartos de lata, e sonhavam com um mundo melhor.

Como se não bastasse à tragédia de Brumadinho, região de Belo Horizonte, que mostrou ao mundo o quanto o nosso país é danoso com o meio ambiente, o Brasil acorda com a outra tragédia na anunciada: dez adolescentes, entre 14 e 16 anos, morreram queimados e asfixiados porque dormiam com contêineres – pasme leitor do BLOG – no Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio.

Meninos que tinham o sonho de se transformarem em craques do futebol – alguns deles eram do time de base do Flamengo. Mas todos foram jogados  em caixas de lata – contêineres – abastecida com beliches e ar-condicionado, numa precariedade vergonhosa para um país cinco vezes campeão do mundo.

CT ficou completamente destruído pelas chamas
Eles – os garotos – dormiam quando aconteceu a tragédia. E, embora nada tenha sido confirmado pelas investigações, fala-se que o incêndio teria começado após curto-circuito no ar condicionado, se transformando em chamas, que se alastraram rapidamente.

Entre os gritos de desespero dos meninos, em meio às chamas e fumaça densa, dez morreram e três estão gravemente feridos, com queimaduras. E agora? De quem é a culpa? A Prefeitura do Rio disse que o local teria sido vistoriado para que funcionasse um estacionamento. Não era adequado para alojamento.

Agora não importa, e o que mais envergonha a nós, brasileiros, é que as imagens dos meninos que morreram queimados e asfixiados em contêineres que serviam de alojamento para o time de base de um dos maiores clubes do país, o Flamengo, percorrem pelos quatro cantos do planeta.

Outra vez o rótulo da irresponsabilidade. Vem à desgastada frase de que “nos falta preparo”. Afinal, que país é esse? Os cartolas da bola querem resultados, e esses garotos são negociados com cifras milionárias – vendidos para os grandes clubes europeus. 

Até lá, enquanto eles – os meninos – não se destacam no jogo do “quem paga mais”, dormem em quartos de latas. Que demérito, Brasil! São as graves consequências empreendidas pela ambição de alguns calhordas brasileiros! 

Walther Alvarenga


Nenhum comentário