O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Último abraço de pai e filha comove o mundo.

Oscar e a filha encontrados sem vida no Rio Grande

Oscar e a filha estavam fugindo da miséria, mas perderam a vida

 Eu relutei antes de colocar essa imagem no BLOG. A imagem da degradação humana, a luta acirrada em busca de oportunidades, arrasta famílias para o caos.  Pai e filha encontrados sem vida, retratando o símbolo do caos na questão imigração na América Central.

Os dois corpos estavam virados para baixo, imersos na água de um leito de rio enlameado, transportados para a costa pela corrente na margem sul do rio Grande. A imagem se tornar o símbolo da tragédia dos imigrantes na América Central.

O nome da garotinha era Valeria, ela tinha 23 meses de idade. Ela se afogou com os braços ao redor do pescoço do pai, Oscar Alberto Martinez Ramirez, 25 anos, no Rio Grande, o rio que separa o México dos EUA. 

"América acorda", invoca o editorial do New York Times, depois de ter publicado a foto que ultraja a opinião pública americana e mundial. 

A menina usava tênis e um macacão vermelho, e sua cabeça está escondida, protegida pela camisa preta do jovem pai. Os dois corpos estão deitados de bruços, em um lago de água barrenta, à sombra de um canavial. 

Entenda o caso
A foto da jornalista Julia Le Duc, retrata a história de fuga e esperança. Oscar Alberto Martinez Ramirez, 25 anos, e sua esposa Tania Vanessa Avalos, 21 anos, deixaram San Martin, uma vila em San Salvador.

Ele era cozinheiro em uma pizzaria; ela o caixa em um restaurante de fast food. Eles decidiram partir por razões econômicas tentar a sorte nos EUA, a exemplo de milhares de pessoas da América Central - El Salvador, Guatemala, Honduras. 

É a única maneira de escapar do saque diário, comandado por gangues violentas e cruéis. Predadores que não poupam ninguém. A fatalidade surpreendeu o casal, quando Oscar acabou se afogando com a filha nos braços ao tentar atravessar a nado o Rio Grande. Tania chora, mas não há o que fazer.

Walther Alvarenga


Um comentário: