O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Capitã alemã desafia navio de guerra e salva 42 imigrantes


 
Carola Rackete conseguiu salvar imigrantes em Lampedusa
Carola Rackete atraca no porto de Lampedusa contrariando autoridades

Após polêmica, a capitã alemã do Sea Watch 3, Carola Rackete, foi libertada nesta terça-feira. A juíza Alessandra Vella, do Tribunal de Agrigento, na Sicília, decretou a libertação da ativista, deliberando que Rackete "agiu para cumprir o dever de trazer os imigrantes para segurança".

A capitã não deixou se intimidar ao se atracar no porto de Lampedusa, na Itália, com 42 pessoas a bordo do navio.

A ativista desafiou o ministro italiano do Interior, Matteo Salvini, e as autoridades portuárias ao entrar, na sexta-feira à noite, com o navio Sea-Watch 3 na doca de Lampedusa para que imigrantes pudessem desembarcar.
Capitã alega que foi um gesto humanitário
Segundo Carola, era  uma questão de humanidade, pois todos que foram resgatados no mar estavam exaustos e não aguentavam mais.
Acusada de tentar uma manobra perigosa, a capitã Carola Rackete garantiu que nunca pensou na sua ação como "um ato de violência, mas apenas de desobediência".
“Decidi atracar no porto em Lampedusa, apesar de saber o que estava em causa. E eu era responsável por quarenta e duas pessoas. As suas vidas são mais importantes do que um jogo político”, explica Carola num post no Twitter.
Com 40 imigrantes resgatados do mar há 17 dias, a capitã do navio da organização humanitária Sea-Watch tinha declarado o estado de emergência a bordo há mais de um dia (36 horas), recordou.
"A situação era desesperante, o meu objetivo era apenas trazer pessoas exaustas e desesperadas para o chão. Eu estava com medo", disse, explicando que temia que os imigrantes se atirassem ao mar, o que acabaria por significar a sua morte uma vez que não sabiam nadar.
"Certamente não queria tocar na alfândega, a minha intenção não era colocar ninguém em perigo, eu já me desculpei e peço desculpas novamente.”
A sua manobra na noite de sexta para sábado para atracar em Lampedusa não causou feridos e o navio conseguiu desembarcar os migrantes que tinha resgatado da costa da Líbia. Isso valeu-lhe acusação de ajuda à imigração ilegal e resistência a um navio de guerra.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário