O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

"Eduardo Bolsonaro é Ivanka Trump brasileira", debocha o Le Mond.

Ivanka Trump e Eduardo Bolsonaro têm algo em comum?

 A notícia caiu como bomba deixando figurões em Brasília atônitos  

O jornal francês Le Mond, em reportagem publicada nesta sexta-feira, tratou com ironia o caso do Deputado Federal Eduardo Bolsonaro, apontado como o provável futuro Embaixador do Brasil nos EUA, de acordo com as intenções do pai, o Presidente Jair Bolsonaro. Por outro lado, analistas políticos opinam sobre a situação com ressalvas, e falam que a imagem do Brasil no exterior ficará comprometida.
"O clima é uma mistura de pânico e resignação", observa uma fonte próxima ao Itamaraty, o Ministério das Relações Exteriores. O presidente, na verdade, não fez segredo do papel que pretende dedicar ao filho”, publicou o Le Mond.

Ainda segundo o Le Mond, Eduardo Bolsonaro é a Ivanka Trump brasileira, se referindo à filha do Presidente Donald Trump – embora não tenha sido nomeada Embaixadora –, que cuida das relações internacionais dos EUA, juntamente com o marido, Jared Kushner.

É importante ressaltar que a indicação de Eduardo para cargo importante na espera diplomática do país, não gera nepotismo como muitos alegam, entretanto, compromete sim a imagem brasileira lá fora.

A nomeação do filho do presidente poderá desencadear desconfiança e, segundo a avaliação do ex-embaixador Rubens Ricupero – que ocupou o cargo durante anos –, “uma notícia chocante, inédita em países ocidentais”.

“Uma relação diplomática deve ser amistosa, mas com dignidade e respeito mútuos. Quando há excesso de parcialidade, perde-se o equilíbrio”, contesta Ricupero.

Entre os prós e contras, a afirmação do presidente Bolsonaro diz que o filho fala muito bem inglês e espanhol, contraria figurões em Brasília que alegam que Eduardo não fez carreira diplomática e que desconhece as relações internacionais.   

Trecho da matéria publicada nesta sexta-feira pelo Le Mond: 

"establishment" clama por nepotismo, ostentando o sotaque inglês de seu filho, suas habilidades interpessoais e suas boas relações com a família Trump. Quinta-feira, 11 de julho, Jair Bolsonaro, eleito à frente do Brasil na promessa de uma presidência exemplar, decidiu nomear seu filho, Eduardo, atualmente deputado em Brasília, embaixador nos Estados Unidos. "De minha parte, eu decidi, mas não é fácil, uma decisão como essa, estar em seu lugar e ter que desistir de seu mandato ... Embora seja meu filho, cabe a ele decidir " , disse o chefe de estado.

Walther Alvarenga

    

Nenhum comentário