O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Família de imigrantes atropelada e morta na saída de restaurante

Beatriz e o pai, Artur Fajardo, vítimas da imprudência.

Pai e filha morrem no acidente e deixam comunidade consternada

Foi uma fatalidade o atropelamento de família de imigrantes, após imprudência do condutor do veículo – ainda sem identificação – que causou indignação nas pessoas que passaram pelo local e viram os corpos caídos na estrada.

Tudo aconteceu nesta segunda-feira, por volta das 22h20 – horário de Pedros – Figueira da Foz – em Coimbra, Portugal, quando família deixava um tradicional restaurante na EN109, e foi brutalmente atropelada por veículo em alta velocidade.

Veículo que atropelou família, estava em alta velocidade.
Segundo moradores, na EN109 não tem passarela ou semáforo, provocando constantes acidentes com vítimas fatais.  

Artur Fajardo trabalhava na construção civil
O pai, identificado como Artur Fajardo, de 48 anos, morreu no local. Beatriz, de 19 anos, uma das filhas, foi levada com vida para o hospital, mas acabou falecendo, não resistindo aos ferimentos. A filha mais nova, de 12 anos, está no Hospital Pediátrico de Coimbra em estado de observação.

Beatriz , de 19 anos, faleceu no hospital.
O motorista também é emigrante, vivendo em Luxemburgo, natural de Brenha, Figueira da Foz. Já Artur Fajardo, pintor da construção civil, estava emigrado na França, e estava de férias em Pedros. Veio ver a mãe, conta o amigo Jorge Romão.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário