O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Famílias venezuelanas recebem ajuda de igreja em Poços


 
Famílias venezuelanas superam desafios para chegar ao Brasil
 Tem sido peregrinação, de até 15 dias, para chegar à fronteira do Brasil.

A cidade de Poços de Caldas (MG) vem recebendo famílias de venezuelanos, após triagem feita em acampamento montado em Boa Vista, em Roraima – onde há grande concentração de refugiados do regime de Nicolás Maduro, que pedem asilo no país. Esta semana, duas famílias chegaram à estância mineira, através do trabalho humanitário desenvolvido pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias – Igreja dos Mórmons , com sede em Poços.

Tem sido uma peregrinação dessas famílias, que levam até 15 dias para chegarem à fronteira do Brasil, acompanhadas de crianças – na maioria dos casos chegam desnutridas, tossindo muito.

O Bispo da Igreja dos Mórmons, Osvaldo de Oliveira Silva, juntamente com  Manuel Idalino – Presidente do Fórum de Elders –, acompanhados de Camila Roberta de Oliveira Silva – Conselheira da Primária – e de demais membros que compõe o Trabalho de Ajuda Humanitária Mundial da igreja, não têm medido esforços para auxiliar famílias venezuelanas.

“Temos contado com apoio de empresários e de pessoas que se dispõem ajudar na causa do acolhimento destas famílias, em Poços de Caldas, conseguindo trabalho e acomodações. É o recomeço de uma nova vida, então é preciso empenho, além de ajuda médica e psicológica”, enfatiza o Bispo Osvaldo.

“A igreja tem um acampamento em Boa Vista, onde famílias estão à espera de oportunidades para vir para Poços de Caldas. É um trabalho minucioso da igreja, que visa dar abrigo aos que precisam. É feito um trabalho de triagem para que possamos dar a assistência necessária a todos”, complementa Osvaldo.

Ajuda Humanitária -  As pessoas que queiram colaborar com o Trabalho Humanitário - Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias:
Rua Laguna, 743 – Jardim dos Estados – Poços de Caldas (MG)
Fone – (35) 3715-5075 (divulgue esta causa) 

Walther Alvarenga


Nenhum comentário