O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A aula que todos nós devemos assistir em algum momento, acredite!

Uma lição inesquecível de Chico Anysio
A sala de aula estava repleta de mestres ocupando a cadeira de alunos

Sabe, leitor do BLOG, aquele instante em você está só em casa, sem ter o que fazer – o dia transcorreu agitado e você quer se descontrair – então liga a sua tevê e acaba surpreendido com a mais plausível  e prodigiosa aula de alegria que o humor brasileiro conseguiu produzir?  Por alguns instantes, fiquei embasbacado, acredite, atento ao discurso memorável do inesquecível professor Raymundo aos seus alunos – na verdade aquelas cadeiras eram ocupadas por mestres do humor. Chico Anysio, evidente, foi show!

"...ele só pensa naquilo..."
Tive o privilégio de assistir à Escolinha do Professor Raimundo – na sua primeira versão – pelo Canal Viva. E, confesso, me emocionei em demasia com o aprendizado. Pude reencontrar algumas personagens fantásticas do humor brasileiro, interpretadas por comediantes inigualáveis. O criador exibindo a criatura!

"Amado mestre....capitei vossa mensagem..." 
Em sala de aula os alunos se confraternizavam, era véspera de Natal – não me pergunte o ano. E todos naquela sala mágica tinham um brilho especial no olhar, evidenciando que até mesmo para fazer as pessoas rirem é preciso à iluminação de Deus. O humor é a chave mestra que nos libertar do calabouço das preocupações.

O meu olhar, como invasor do ano de 2019, percorreu todos os cantos da sala do Professor Raimundo, então me deparei com rostos notáveis, que levaram tanta alegria aos lares brasileiros – sem acepção de pessoas porque rir é um direito garantido a todos nós.

Alunos que foram mestres do humor brasileiro
Naquela aula acontecia a entrega de presentes do Amigo Secreto – Oculto ou Invisível, como queira – e, por alguns segundos os atores saíam das personagens, mostrando emoção latente – olhos lacrimejados. A verdade do criador na resplandecência da criatura.

Eles estavam todos lá – a maioria foi para Deus, nos deixando um legado preciosíssimo. Cada qual com seu tipo, entonação de voz e trejeitos inimitáveis.

Vi à Dona Bela (Zezé Macedo), o Rolando Lero (Rogério Cardoso), o Mazarico ( Costinha), Brandão Filho (Sandoval Quaresma), Joselino Barbacena (Antônio Carlos Pires). No cantinho, segurando o bigode, o Ademar Vigário (Lúcio Mauro). Também estavam lá, Eustáquio (Grande Otelo), seu Baltazar da Rocha( Walter D'Ávila), o sovina Samuel Blaustein (Marcos Plonka) e o Seu Peru (Orlando Drummond).
 .

Acho que essa aula todos nós, indistintamente, deveria assistir. Tem cadeira para todo mundo, desde que aprenda que o amor ainda é o caminho para as nossas realizações; o abraço fraterno dilui ressentimentos – o caminho para o perdão. Olhar para as coisas mais simples – achar engraçado – é dádiva dos anjos.

Quando sorrimos, movimentamos 12 músculos da face. Na gargalhada, usamos 24 e ao conversar e sorrir ao mesmo tempo 84 músculos são utilizados. Detalhe: retarda o envelhecimento.

Como pôde conferir leitor do BLOG, foi à aula mais incrível que assisti, estirando no sofá da sala, compreendendo o quanto essa gente nos proporcionou grandeza e bem estar. No final, Chico Anysio, ele mesmo à frente da criatura disse: “muito além do humor existe Deus, não podemos nos esquecer disso!”


Walther Alvarenga

Nenhum comentário