O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deixem o Presidente governar, ou vamos capengar no ostracismo da história!

Presidente Jair Bolsonaro é alvo de intrigas e especulações

A informação destorcida, manipulada, tem um resultado desastroso.

O Brasil não pode dar dois passos à frente e três passos atrás. Cair na cilada do segue e volta, alimentando correntes contrárias aos avanços do país. E o que se vê na esfera federal é “briga” de compadres, de terno e gravata, atirando “tigelas” uns contras os outros, assemelhando-se a um bando de moleques na disputa pelo melhor lugar em sala de aula.

E nesse contexto –um contrassenso –, órgão de imprensa entra em cena alimentando o caos, transformando mentira em fato, na tentativa de comprometer a soberania brasileira, me refiro, óbvio, ao Presidente Jair Bolsonaro.

E não se trata aqui de comentário com viés político, mesmo porque sou apolítico. No entanto, como já dizia o meu saudoso pai – militar de fala arretada –, “quando a água bate no traseiro, é hora de dar ou grito!

A informação na qual me refiro é morna na escalada dos acontecimentos, mas as consequências ardem como chamas, provocando um racha entre o Palácio do Planalto e a Vênus Platinada – acredito que leitor do BLOG saiba a quem me refiro.

Uma guerra de imagens e áudios. Em contrapartida, a Vênus tem em mãos flores e punhais, enaltecendo quando quer fazer as honras, mas apunhalando, sem escrúpulos, ao se sentir ameaçada.

Sou jornalista formado pela Fundação Cásper Libero em São Paulo – Faculdade de Comunicação respeitada no país –, e durante quatro anos frequentei aulas com determinação, ciente do meu papel como profissional de Jornalismo.

Tive professores maravilhosos, e o conceito informação, aprendi, é a lisura dos fatos – apurar –, ter clareza de dados antes de dar o primeiro tiro – claro, a publicação.

O papel da imprensa – ou mídia, como queira –, é de importância vital, e quando a informação abrange destorcida, manipulada de alguma forma, atendendo interesses escusos, os resultados são desastrosos – estragos às vezes irreparáveis.

E se de um lado a emissora digladia para não perder os milhões oriundos do governo federal, no outro extremo há um chefe de Estado determinado a não ceder, anular privilégios, mesmo que o custo dessa decisão possa envolver a honra da própria família.

Aceitem ou não, Bolsonaro é o Presidente constituído democraticamente. Temos de respeitar isso! Ele precisa governar e nós, cidadãos brasileiros, devemos corroborar ou vamos descer ladeira abaixo e estrebuchar no ostracismo da história.

Evidente que há uma guerra obscura, acirrada, lutando de todas as formas para destruir a reputação do Presidente. Não enxergar isso é sonsice!

Praias contaminadas, Floresta Amazônica devastada por incêndios criminosos e, agora, a maior rede de comunicação do país – sutilmente – criando arestas. Acho que está na hora do basta! Já chega! Deixem o Presidente governar!

Walther Alvarenga

Nenhum comentário